terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Está reclamando do quê? Ele é poderoso!

 “O espírito do homem o sustenta na doença, mas o espírito deprimido, quem o levantará?” Pv 18.14

Ficar ansioso não vai pagar sua conta, acusar seu marido não o fará  trabalhar melhor, nem chegar mais cedo em casa, então pare de reclamar.

Há pessoas que estão sempre com cara de náusea, sorumbáticos, reclamam de tudo, nada está bom para elas. Deus criou o mundo com o poder da sua palavra e a palavra que você diz tem poder.

Antigamente chamava-se os crentes de 'Bíblia'. Se você é o ‘o povo do livro’ terá que entender que por toda a Bíblia existe uma vitalidade, um poder e a Bíblia é a maior história de amor que Deus escreveu pra nós. É a história de homens que tinham o poder de fazer coisas incomuns. Esses homens nunca diziam: “Nós somos poderosos!”, mas diziam: “Eu sirvo um Deus poderoso!”

Ainda que enfrentemos as maiores tentações e as maiores dificuldades apareçam, Ele é poderoso. Ainda que a fornalha seja acesa 7 vezes mais, Ele é poderoso para nos livrar da fornalha.

Diante dos grandes perigos e desafios, podemos gritar: “O meu Deus é poderoso!”  Diante das muralhas de Jericó, Josué  gritou: “Ele é poderoso!”

A Bíblia diz que Ele é poderoso para nos livrar da tentação. Hb 2,18

Cristo sabe o que é ser tentado, Ele entende o nosso sofrimento e vem ao nosso encontro para nos dar poder e nos livrar da tentação.

A Bíblia diz que Ele é poderoso para salvar os derrotados – Hb 5.27

Simão era leproso e foi curado. Láazaro estava morto, mas Jesus foi poderoso para ressuscitá-lo. Zaqueu era ladrão, mas Jesus foi poderoso para transformá-lo.

Em qualquer lugar que Jesus se apresenta não existe derrota definitiva.  Ninguém é tão torto que Ele não possa endireitar. Ele é poderoso para salvar totalmente e não há problema que Jesus não possa resolver.

A Bíblia diz que Ele é poderoso para nos guardar de tropeçar – Hb 1.24

Cristianismo não é apenas uma ambulância que procura feridos no campo de batalha. Podemos passar para o outro lado sem sermos feridos, porque Ele é poderoso para nos guardar.

A Bíblia diz que Ele é poderoso para dominar todas as coisas - Fp 3.21

Nada pode dominar o Senhor, Ele domina sobre todas as coisas e nada pode deter Seu poder. “Todo poder me foi dado no céu e na terra” -  seu poder é ilimitado.

A Bíblia diz que Ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia – II tm 1.12

Estou salvo pra sempre. Fui resgatado, justificado, perdoado, porque Deus fez uma  obra completa e mudou nossa história pra sempre.

A Bíblia diz que Ele é poderoso para fazer infinitamente mais do que pedimos ou pensamos – Ef 3.20

Os sonhos mais profundos que temos serão realizados. As perguntas sem resposta serão respondidas.  Tudo que você querer e pensar é pouco diante do que Ele fará por você. Nosso destino é maior do que podemos imaginar. Não há limites para que o Senhor fará na nossa vida.

Se somos fracos, Ele opera na fraqueza, se somos meninos, Ele nos faz matar gigantes. Não há nada que Ele não possa fazer.

Dorcas estava  morta – Ele é poderoso!
Enéas estava paralitico – mas Jesus o levantou, Ele é poderoso!
Lázaro estava morto – Ele é poderoso!
Mesaque, Sadraque e Abdenego estavam na fornalha – Ele é poderoso!

O ano começou e você já está murmurando? Meu irmão olhe no espelho e dê uma ordem a você mesmo para despertar desse marasmo – confesse: Ele é  poderoso!

Ele é poderoso para curar depressão, para salvar o bêbado, para curar enfermos, para nos livrar dos problemas, para transformar uma história de fracasso, numa trajetória de sucesso. Ele é poderoso para nos livrar da tentação, para livrar o dependente químico das drogas.  Ele é poderoso para nos livrar da angústia, para nos dar a paz, Ele é poderoso par a nos dar um sono tranquilo – Ele é poderoso!

Pr. Silmar Coelho
Renata G. Santana

4 lições da vida de homens que marcaram a história

Atos 9,  narra a historia de 5 homens, Judas,  Ananias, Barnabé Pedro e Paulo

O ministério desses homens marcou a história! Não queira passar por essa Terra como uma página em branco.

Desses 5 homens,  3 ministérios foram de curta duração – o de Judas, Barnabé e Ananias;  isso significa dizer, que não é necessário muito tempo para marcar a história e dois ministérios  foram longos, o  de Pedro e o de  Paulo.

Com um gesto podemos marcar a vida de uma pessoa.  Você pode marcar a história de alguém com um gesto de carinho, com um abraço. Para marcar a vida de alguém não é preciso ser famoso, ou levar o título de apóstolo. A serva de Naamã marcou a história dele, quando falou do profeta. O menino dos 5 pães e 2 peixinhos,  também marcou a história.

Vou mostrar a você 4 lições na vida de cada um desses homens. 

 Judas

1.Só marca história quem é hospitaleiro – há quanto tempo você não leva alguém para almoçar na sua casa? A Bíblia diz que muitos sem saber hospedarão anjos em sua casa.
Judas marcou a história porque recebeu em sua casa o homem que seria o maior dos apóstolos.

2.Só marca a história quem vê além das circunstâncias – Judas viu além, ele sabia que Saulo era perseguidor, mas entendeu  que ele seria usado por Deus.

3.Só marca a história quem não depende da opinião pública –  Judas tinha convicção do que estava fazendo quando hospedou Saulo. Ele dependia da opinião de Deus não da opinião dos outros. Se você precisa do aplauso de alguém para ser feliz, é porque a sua vitória está nas mãos dos outros não das mãos de Deus.

4.Só marca a história quem tem a visão de Deus – Ora, havia em Damasco um discípulo chamado Ananias. Disse-lhe o Senhor numa visão: Ananias! Ao que respondeu: Eis-me aqui, Senhor!” Vs 10

Ananias

1.Só marca a história quem está disponível
– Se Deus me mandar vender eu vendo, se me mandar renunciar, renuncio. O que Deus me mandar fazer eu farei e direi: “Eis-me- aqui!”

2.Só marca a história quem está disposto a arriscar a própria vida em favor de alguém – Ananias fez isso quando se propôs ajudar Paulo.

3.Só marca a história quem não opta por tarefa fácil -  quando meu filho mais velho foi ser pastor de igreja disse a ele que ele seria pastor das ovelhas que gostavam dele e das que não gostavam também. Das que eram tranquilas e das que eram complicadas.

4.Só marca a história quem  em alguma época da vida se relaciona com um homem de Deus.
Chegará um ponto da sua vida que você abençoará alguém que será grande. Qual é o homem de Deus que você se relaciona?  Você pode dizer: “Como vou me relacionar com alguém grande? “ Me relaciono com TD Jakes e com outros grandes homens ilustres que nunca vi na minha vida através da leitura de seus livros.

Barnabé

1.Só marca a história quem está aberto para o novo – essa pessoa que você às vezes não dá valor é a pessoa que transformará seu ministério amanhã. Esteja aberto para o novo.

2.Só marca a história quem arrisca a própria honra – Barnabé levou Saulo diante do concílio da igreja e deu a cara para bater. Qual foi a ultima vez que você arriscou sua honra por alguém?

3.Só marca a história quem  está disposto a enfrentar oposição pelo que acredita – Barnabé enfrentou oposição por causa de Paulo.

4.Só marca a história quem está disposto a ajudar alguém que amanhã será maior do  que ele – quando você leva alguém ao topo significa que você também está lá. Você já foi ajudado por alguém?

Pedro

1.Só marca a história quem não para, quem prossegue.
Passando Pedro por toda parte, desceu também aos santos que habitavam em Lida.” Atos 9.33
Pedro ia por toda a parte pregando o evangelho. Siga em frente, porque o seu campo é o mundo. Semeie experiência para colher experiência.

2.Só marca a história  quem faz acontecer – Atos 9.34
Disse-lhe Pedro: Enéias, Jesus Cristo te cura! Levanta-te e arruma o teu leito. Ele, imediatamente, se levantou.Você só marcará a história se tiver uma fé que faz acontecer. Coragem é a carruagem que conduz o homem a vitória.

3.Só marca a história quem se envolve com milagres
Pedro se envolvia com os milagres, por onde Jesus passava aconteciam milagres!

4. Só marca a história quem tem credibilidade pública – Atos 9.38

Quem conhece você o convida para estar com ele?  Ninguém chega ao sucesso e permanece lá sem credibilidade.  Para haver continuidade tem que haver credibilidade, nada dura sem alicerce e o alicerce do homem de Deus é o caráter. Millôr Fernandes disse que não existe cirurgia plástica para caráter. Ou se tem ou não se tem.

Paulo

1. Só marca a história quem tem conversão genuína
– Quanto maior o impacto da conversão, maior o impacto da história.

2. Só marca a história quem ouve alguém – “Mas levanta-te e entra na cidade onde te dirão o que te convém fazer.” Atos 9.6

3. Só marca a história quem se relaciona com o sobrenatural – Você sente Deus? Experimenta Deus? Há uma paixão por Deus e pela sua Palavra dentro de você?

4. Só marca a história quem troca o passado pelo futuro – Paulo trocou seu passado aos pés de Gamaliel por uma nova vida com Cristo.

Só marca a história aquele que permite que Deus mude sua visão – foi assim com Paulo.
Para ganhar ele precisaria perder. Para ser homem de alívio, teve que ser tornar homens de dores.

A bagagem velha, a teologia antiga não serve para a igreja – é bem certo que há coisas inegociáveis, mas existem outras que precisam ser reformuladas, por exemplo: já fui em igreja que teria um casamento, e a noiva teria que casar de vestido amarelo, porque não era mais virgem. E o rapaz? Iria casar de roxo?  O que é isso? Dois pesos e duas medidas?

Só engravida moça de família, as que não são de família não engravidam porque tomam pílula e ainda tomam  Santa Ceia.  Reformule sua teologia.

Se você foi caluniado, procure reconciliação – Por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo.”  FP 3.8

Esteja disposto  a mudar para ser um transformador da história!

Pr. Silmar Coelho no CPEMG/Janeiro 2012
Edição: Renata G. Santana



segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O segredo dos ‘4 ps’ para uma vida feliz

“Ele lhes disse: Quando vocês orarem, digam:  Pai! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino...” Lucas 11:2

Quero compartilhar com você o segredo dos '4ps' para uma vida vitoriosa. 

O primeiro P é o P de Pai

“No princípio Deus”  Gn 1.1, este é o maior segredo para uma vida feliz; colocar Deus, o nosso Pai no princípio de tudo e acima de tudo.  

A oração do Pai Nosso, começa com Pai. O Senhor nosso Pai nos conhece melhor até do que nós mesmos.
Ele sabe o desejo do nosso coração. Se você está enfrentando alguma situação que aparentemente não tem saída, o Pai está no controle de tudo. Quando precisamos de consolo, Ele esta sempre presente.  Pai é aquele que está ao nosso lado.

O segundo P é Pão

“Dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano.” Lucas 11:3

Deus o nosso Pai é a nossa provisão, é a nossa porção.  Nos momentos mais difíceis podemos vivenciar a provisão de Deus nas nossas vidas. Inúmeras foram às vezes que nossa família experimentou a provisão e o cuidado do Senhor. Muitas vezes o homem deixou de estender a mão, mas Deus nunca nos desamparou.

Deus nos dá a porção de cada dia. Ele não dá mais para não pensarmos que somos nós, não dá menos para não murmurarmos.

Não sei se você tem uma conta impagável, se  está desempregado (a),  seja qual for a situação não desanime, ele é Deus provedor e está no controle de tudo.

O terceiro p é o perdão

“Perdoa-nos os nossos pecados, pois também perdoamos a todos os que nos devem...” Lucas 11:4

Para recebermos perdão, precisamos perdoar.  Muitas vezes queremos o perdão, mas não somos capazes de perdoar  e se não termos capacidade de perdoar, Deus não nos perdoa, porque é um ato condicional.

Quando guardamos mágoa, quem sofre somos nós.  Quando perdoamos sentimos como que um peso que sai dos nossos ombros.

Existem pessoas que não perdoam nem quem já morreu. Quando agimos assim, somos  os maiores prejudicados.  

O quarto p é a proteção

E não nos deixes cair em tentação.” Lucas 11.4

Deus nos livra e nos guarda de pecarmos.  O Pai é a nossa proteção. Você se lembra do povo de Israel quando saiu do Egito. Quando a nuvem começava a se movimentar o povo a seguia, porque onde a nuvem estava,  havia proteção.

A nuvem pela manhã protegia do sol escaldante e a noite do frio assolador.  No nosso dia a dia precisamos do Pai para não pecarmos.

Quando colocamos o Pai em primeiro lugar, Ele esquece o nosso passado, nos dá o pão de cada dia e nos protege de pecar.

Coloque o Pai acima de tudo! Esse é o segredo para uma vida vitoriosa!

Pra. Janice (Esposa do Pr. Silmar Coelho)
Edição: Renata G. Santana 

domingo, 29 de janeiro de 2012

Vida reativa, vida de conformidade, vida de independência ou vida de intenção?

Hebreus 12.12 e 13
Por isso, restabelecei as mãos descaídas e os joelhos trôpegos. Façam caminhos retos para os seus pés", para que o manco não se desvie, antes, seja curado.

Mão cansada é uma mão que não está pronta para trabalhar, uma mão sem força, enfraquecida. Simboliza, pessoas que não têm animo para o trabalho. E os joelhos trôpegos? Simbolizam joelhos sem firmeza. Quem não tem o joelho firme, não pode correr, anda com dificuldade, precisa de amparo, etc.

Quando eu era criança, tinha a mania de brincar andando com um pé no meio fio e o outro na rua. Parecia um manco.  O manco não tem firmeza e o  manco espiritual também não e esse é um dos motivos pelo quais o manco espiritual não vence na vida.

Ao mesmo tempo que o ser humano é capaz de fazer coisas extraordinárias, tem também um olho clínico para saber o que a vida do próximo precisa, enquanto não sabe o que precisa fazer para melhorar a própria vida. 

A nossa transformação só acontecerá quando mudarmos a nós  mesmos. O segredo para vencer sempre foi e será a disposição para agir.

O problema da igreja é a aplicação da Palavra de Deus. Se aplicássemos o que aprendemos na Casa de Deus tudo seria diferente.

A vida toma 4 rumos diferentes e para transformarmos a nossa vida teremos que tomar um rumo certo. Se não decidirmos mudar a nossa vida, a mesma  ficará em ponto morto.

Iº rumo: Vida Reativa

O que é vida reativa? É quando a nossa vida caminha numa direção até que alguma coisa nos force a mudar de direção.

Muitas  pessoas só fazem grandes coisas na vida quando a dor de continuar é muito maior do que a dor de mudar.

Tem gente que só procura outro emprego se for mandado embora do emprego atual, do contrário ele fica estagnado a vida toda.

Tem gente que fica 10 anos noivando. Moça se o rapaz está há 10 anos noivando e não toma a decisão de casar com você ele não presta.  Reaja.

Tem gente que só para de comprar quando o nome vai para o SERASA.

Você vai esperar pela dor para mudar a situação?  Isso é uma vida reativa. A pessoa que vive uma vida reativa fica entre a esperança e o abatimento, porque ela depende de  circunstâncias para reagir.


II º rumo:  Vida de Conformidade

Tem gente que vive conformado. A pessoa não quer melhorar, ele quer ser igual aos outros, desde que não afete a sua zona de conforto. O conformado vive de acordo com o que os  outros vivem.  Seja autêntico, é mais fácil ser você do que ser igual aos outros.

IIIº rumo: Vida de independência

O independente é aquele que acha que pode viver sozinho. Ele não precisa de igreja, de amigos, de tomar Santa Ceia. Na Bíblia quem andava sozinho era o leproso, porque ele não podia entrar no arraial para não contaminar os outros. Solidão é sinônimo de enfermidade. Só sou pastor  com igreja e a  igreja só igreja com pastor.


IV rumo: Vida de Intenção

O que é vida de intenção? É a vida que escolhemos. Quando éramos crianças havia alguém que decidia por nós e supria nossas necessidades. Estávamos com fome, alguém nos dava de comer. Estávamos com a fralda suja, de-repente alguém vinha e nos limpava e assim por diante.  Mas um dia essa vida acaba, sai do automático e vai para vida real. É uma transição.

Agora temos que tomar nossas próprias decisões.  Se não fizermos a transição do automático para o natural ficaremos pra trás.

Lembra no início do seu casamento? Você chegava em casa e sua esposa já estava pronta pra te receber. Camisolinha, cheirosinha. O tempo passou, e agora ela dorme de moletom. Por quê? Porque a felicidade é exigente, ela quer intenção, investimento, tempo, respeito, diálogo, ela não acontece de-repente. Você precisa querer ser feliz.

Para ter uma família abençoada, você precisa querer e é assim em todas as áreas da vida. Existem pessoas que pedem perdão, e se viciam em pedir desculpas.  Precisamos querer não errar, não pecar. Jesus vivia uma vida de intenção: “Ninguém tira a minha vida, eu a doou...”

Queira viver uma vida de intenção. Ninguém me obriga a pregar a Palavra de Deus. Eu quero. Ninguém me obriga ser dizimista. Eu quero. Ninguém me obriga a ser fiel a minha esposa. Eu quero. Eu tenho a intenção de fazê-la feliz, de ser um bom pai para os meus filhos e isso porque eu quero.

Você precisa querer ser feliz, querer ser bem sucedido. A mesma coisa é com a saúde. A saúde é fruto do que comemos, de um sono de qualidade, de exercícios físicos. A nossa saúde depende da nossa escolha, da nossa decisão.

As escolhas que você fizer, afetarão sua família, o meio que você vive, sua qualidade de vida. Tenha a intenção de servir a Deus e ser fiel a Ele.

Tenha a  intenção de ser fiel a sua igreja, de ser fiel àqueles que investiram em você. Se você escolher viver uma vida de intenção, esse ano será o melhor da sua vida.

O 'velho homem' não morre de morte natural, ele só morre quando você o leva para a cruz. Ou você vai até a  cruz e põe você mesmo lá para morrer e nascer de novo, ou o homem novo não nascerá. É uma decisão. Se decida por Deus!

Não se decida por ficar igual, decida-se pela mudança.

Qual o tipo de vida que você está vivendo?

Pr. Silmar Coelho
Edição: Renata G. Santana

Qual tempo você está vivendo?

Quando as coisas não acontecem na nossa vida da maneira que desejamos, Deus tem o poder de transformar o que aparentemente não é bom em bênção.  E apesar disso, precisamos entender que Deus não é um atendedor de caprichos. 

Ele  nos criou para o louvor da Sua glória e não podemos ter a imaturidade de pensarmos que o Senhor está olhando para o nosso temperamento e pensando se deve nos agradar ou não.

Devemos reconhecer as mãos de Deus em todas as situações da nossa vida. De-repente não compramos aquele carro que queríamos, ou não fizemos a tão sonhada viagem, e nos revoltamos, murmuramos, revelamos todo o nosso egoísmo e esquecemos a fidelidade de Deus para com as nossas vidas, esquecemos que estamos vivos.

Muitas vezes passamos por desertos na nossa vida, e neles Deus permite que façamos uma parada num Oásis.
O povo de Israel quando passava pelos Oásis, não queriam sair dali.  Só que havia sido dada uma ordem: “Ainda que vocês estejam vivendo bem  nos Oásis, quando a nuvem, ou a coluna de fogo se moverem, levantem acampamento. Por isso não quero que vocês construam construções sólidas.” 

O Oásis era uma parada, um momento.  Era cômodo para eles estar no Oásis, só que Canãa era mais à frente.
Uma igreja não vive só de louvor, de cânticos, só de libertação de demônios, de fartura financeira... a igreja não vive de só flores.

Precisamos ver a vida como uma escola, do contrário, adoeceremos.

I Tess 5.2 diz: “Pois vós mesmos estais inteirados com precisão de que o Dia do Senhor vem como ladrão de noite.”

Muitas coisas acontecem no mundo para que estejamos atentos. A volta de Cristo está condicionada a pregação do evangelho. Você não está no local onde está à toa, Deus tem um propósito na sua vida.

O que você tem feito com o que Deus te deu? Pregue a Palavra de Deus a tempo e a fora de tempo.
Quem poderia imaginar que aquele prédio cairia no Rio de Janeiro? Que aconteceriam catástrofes ambientais em todo o mundo, como aconteceram nos últimos anos?

As pessoas não valorizam o momento em que estão nos Oásis? Está tudo dando certo pra você? Dê glória a Deus! Seja prudente, procure investir o seu dinheiro com sabedoria. Transforme seu momento de sucesso em algo maior e melhor sem  nunca perder a visão da Terra Prometida.

A Bíblia diz que Deus usou a Isaías para falar a Ezequias que ele morreria. A casa de Ezequias estava uma bagunça. Ezequias chorou e falou com Deus: “Senhor tenho andado na sua presença, tenho sido um homem íntegro, não quero morrer agora....”

Ezequias tinha argumentos com Deus. Precisamos ter argumentos com Deus!

A vida não é feita de Oásis – eles são apenas uma parada! O deserto vem, e se no tempo de Oásis não nos preparamos, amargaremos duras consequências.

“Irmãos, quanto aos tempos e épocas, não precisamos escrever-lhes...” 1 Tessalonicenses 5:1
Deus não se adapta a igreja é a igreja que tem que se adaptar a Deus.  Não há necessidade do pastor pregar toda hora sobre a volta de Cristo. Entretanto,  vivemos como se tudo fosse nosso e eterno. O ser humano é insaciável.

Não é pecado prosperarmos, o pecado é esquecermos  de Deus e dos Seus princípios. O ano passa e você não ajuda ninguém, não estende a mão, não lê a Bíblia, não ora, não jejua, não tem tempo para as coisas do Senhor. Torna-se uma pessoa exigente e intransigente. Começa a analisar tudo e todos.  Aí vem a  frustração e a pessoa passa a viver só de momentos.

Há também aqueles que querem barganhar com Deus.  Fazer o que é certo não é mais que nossa obrigação. Precisamos ser mais maduros.

Na Igreja Batista  Getsêmani, houve períodos que de fartura e de escassez. Períodos que não tínhamos problemas com casais e houve períodos que muitos casais na igreja estavam passando por lutas. Houve períodos que quase não haviam falecimentos na igreja, e houve períodos de muitos falecimentos. Períodos em que as pessoa s estavam bem de saúde e períodos em que haviam muitos enfermos.

O apóstolo Paulo disse: “Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.
Filipenses 4:12

Não sei qual tempo você está vivendo? Talvez sejam  tempos de alegria, ou talvez, tempos de você parar e consertar a sua vida.  Se você está passando períodos duros no deserto, lembre-se que Canaã é logo ali. Deus tem o poder de transformar os nossos fracassos em vitória!

Sabe o quê paralisou o povo no deserto? O sexo, a ganância, a falta de visão do alto. Eles não olhavam pra Deus e não olhavam para a sua geração. Eles pensavam: “Eu vivendo bem, o resto que se exploda!”  Não perca a visão do alto!

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana 

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Sua empresa está precisando se reposicionar no mercado?

Então, veja se ela está apresentando os primeiros sinais de alerta: surgimento de novos setores, modelos de negócio, mudança de posicionamento de um dos principais concorrentes, perda de participação de mercado, pressão sobre as margens de lucro e desaparecimento dos clientes.

É preciso examinar primeiramente a causa e os efeitos reais para saber se são decorrentes da economia ou ineficiência interna, senão, chegou a hora de reposicionar a empresa!

A IBM tinha uma margem bruta de venda de computadores em 1980 de 35%, em 2000 era próximo de 18%.  A vantagem competitiva estava desaparecendo em virtude do crescimento das empresas de softwares. A IBM não se reposicionou e por isso, nunca se recuperou e teve que vender sua divisão de computadores pessoais para a Chinesa Lenovo.

Em 1980 o objetivo da gigante Blockbuster ainda era comprar e locar filmes. Mas, nos anos 90, os estúdios de Hollywood começaram a também fazer venda direta de filmes para clientes e as emissoras de TV a cabo começaram a oferecer vídeos sobe demanda. Em 2003 em virtude do baixo preço dos aparelhos de DVD a venda de filmes para clientes explodiu e a venda e locação de filmes pela internet começou a surgir.

Ao longo de toda a carreira, um líder terá de reposicionar empresas quatro vezes ou mais. Isso significa tomar decisões básicas sobre o que acrescentar aos negócios, o que descartar, ressegmentar mercados, decidir que tecnologias adotar e identificar novas oportunidades de crescimento rentável.

A Novartis percebeu algumas mudanças no setor farmacêutico e partiu para a ofensiva, na tentativa de se adequar a nova realidade. Deixou de fabricar apenas medicamentos patenteados e tornar-se o segundo maior fabricante de produtos genéricos.

A essência do posicionamento é saber QUANDO a mudança precisa ser feita.


Prof. Menegatti: Palestrante em Vendas, Motivação e Liderança. Autor de vários livros e DVDs, entre eles o livro "Talento - É fazer coisas comuns de forma extraordinária", DVD "Campeão de Vendas" e “Administração de Conflitos”.



Siga-nos pelo Twitter - @profmenegatti / Facebook: ProfMenegatti

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

O que estão falando a seu respeito?


Ref: Números 13.25-33

“Também vimos ali gigantes, filhos de Anaque,  descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos e assim também éramos aos seus olhos.” Vs 33

O que os outros falam de você é importante, não resta dúvida. Por meio do que se fala a nosso respeito pode ser aberta uma porta de emprego, pode acontecer o início de um negócio, dá-se o início de um relacionamento, etc.

O próprio Senhor Jesus perguntou o que é que as pessoas falavam a respeito dele. Os discipulos respoderam que diziam que Ele era Elias, Jeremias, João Batista.

Repare que não compararam Jesus a um bêbado, mas a Elias, a Jeremias, a João Batista, o maior já nascido dentre os homens segundo a própria Palavra de Deus.  Jesus foi comparado a grandes homens.

E o que estão falando a seu respeito? Será que pode ser dito que você é honesto, bom pagador, sincero, temente a Deus?

Muitas vezes não percebemos que estamos dando mal testemunho e consequentemente abrimos brecha para as pessoas dizerem coisas ruins a nosso respeito.

É verdade que sempre haverão pessoas para falar  bem ou mal, mas o pior é quando nós mesmos nos amaldiçoamos. Quando alguém fala mal de nós podemos repreender e não aceitar a maldição, mas e quando não acreditamos nem em nós mesmos?

O mais importante é que o que falamos e pensamos sobre a nossa pessoa.

Existem muitas pessoas dentro da igreja que nao agem de acordo com a Palavra de Deus. Dentro da igreja são uma coisa, mas quando saem ficam totalmente transformadas. Quando Deus estava com Adão e Eva no Jardim do Éden, eles eram crentes, mas o problema aconteceu quando Deus saiu.

Quando você se considerar insignificante, todos os outros acharam também. Quando você não acreditar em você, ofenderá ao próprio Deus que te criou e te capacitou.
Não aceite satanás soprar mentiras no seu ouvido.

Satanás usou uma serpente no Jardim do Éden porque é um animal repugnante. É um ser que tem a língua partida. Não permita que sua boca louve a Deus e também  seja um instrumento do diabo.

Se não percebermos que o diabo está usando nossa boca, iremos ser como a serpente, da nossa boca sairá bênção e maldição.

Se não tivermos vigilância e não pararmos de usar a língua para amaldiçoar, nossos filhos serão piores que nós.  Existem pessoas que aceitam as palavras do diabo, permitem que elas entrem no coração e ainda proferem o que ele falou.

O diabo é pai da mentira e Jesus disse que quando mentimos, quando somos portadores das palavras dele, nos tornamos filhos dele. Não permita que o diabo use sua boca para amaldiçoar, para mentir, para falar palavras negativas.

O Senhor não pôde abençoar o povo que saiu do Egito enquanto eles mesmos não acreditaram em si. Não dê ouvidos ao diabo, acredite no que o Senhor diz ao seu respeito.

 “Da mesma boca procede bênção e maldição. Não convém, meus irmãos, que se faça assim.” Tg 3.10

*Na foto, o Pr. Jorge Linhares segurando uma serpente de plástico para ilustrar a mensagem!

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana

domingo, 22 de janeiro de 2012

Lembra-te do teu criador!

“Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles prazer.” Ec 12.1

O sentimento de vazio dos seres humanos vem da ausência de Deus. O homem  desfruta hoje de tantas coisas boas! Antigamente não existiam muitas casas com geladeiras. Muitas vezes quando eu e meus irmãos queríamos fazer um Ki-suco, minha mãe dizia para  pegarmos gelo na casa do vizinho que tinha geladeira.

Antigamente o acesso ao transporte aéreo era muito difícil, sendo assim, as viagens eram muito longas. Os varais ficavam cheios de fraldas, as mulheres lavavam várias fraldas num dia. Hoje se tem a comodidade da fralda descartável.

Hoje temos a facilidade do ônibus de bairro a bairro, do metrô, mas antigamente as pessoas usavam o trólebus.
A televisão não era privilégio de todos, apenas poucas famílias tinham acesso. Hoje é um eletrodoméstico presente em quase todas as famílias brasileiras.  A maioria das casas tinha cisterna. Eu mesmo buscava água na biquinha na Concórdia e tomava banho de canequinha.

Quase não existiam colégios particulares. Muitas vezes o meu fio dental era capim. Frango era só domingo. Muitos bebês nasciam com ajuda de parteira.

Muitas mulheres lavavam roupa no tanque, nem todas tinham acesso a maquina de lavar. Mas apesar de toda dificuldade, a humanidade era mais feliz.

No passado as pessoas não tinham o mesmo conforto que temos hoje. Geladeira, televisão, carro, e outras coisas eram luxo. O mundo se modernizou e as pessoas ao invés de estarem mais felizes, se tornaram  mais tristes!

A ciência descobre coisas novas para o conforto e a felicidade do homem, mas o mesmo vive insatisfeito.
Em Eclesiastes 12.1,  Deus nos leva a lembrar do que Ele já fez por nós. Lembre das benevolências do Senhor para com sua vida. 

O homem  está tão egoísta, tão centralizador, que não se lembra mais do Senhor. Muitas pessoas por causa do conforto estão esquecendo-se de Deus e o deixando de lado.  O homem é infeliz porque esqueceu de Deus e há um vazio dentro do ser humano que só Jesus Cristo pode preencher.

Muitas vezes dentro da igreja as pessoas cometem atos que entristecem o Espírito Santo. Saem da igreja e vão para o motel.

Infelizmente o sexo está fazendo com que muitas pessoas se tornem pessoas vulgares. A mulher era respeitada. O sujeito namorava e depois de 6 meses é que dava a mão, dava um beijinho no portão.Com um ano tinha que ficar noivo e com dois tinha que casar. Hoje as pessoas ficam noivos durante vários anos.

Há tantas pessoas com depressão, se enchendo de remédios para dormir, para emagrecer.
Lembre-se de Deus na hora que você abrir a geladeira e ver o presunto, o iogurte, etc.  Na hora que você pegar o controle da televisão, que beber a água do filtro. Na hora que comprar uma roupa, que for abastecer seu carro... porque existirão dias maus.

Se você se lembrar de Deus nos bons dias, Ele se lembrará de você nos maus dias. Se você se lembrar de Deus no divertimento, Ele se lembrará de você no momento da dificuldade.

Que não nos esqueçamos do Senhor.  Se a Bíblia diz para lembrarmos do Senhor é porque é muito fácil se esquecer d'Ele por causa dos prazeres dessa vida. Mas se não lembrarmos do Senhor, chegarão anos em que não teremos prazer neles.

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana

Jesus deve ser o primeiro na nossa vida

 “Aconteceu que, ao apertá-lo a multidão para ouvir a palavra de Deus, estava ele junto ao lago de Genesaré;  e viu dois barcos junto à praia do lago; mas os pescadores, havendo desembarcado, lavavam as redes.  Entrando em um dos barcos, que era o de Simão, pediu-lhe que o afastasse um pouco da praia; e, assentando-se, ensinava do barco as multidões.  Quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar.  Respondeu-lhe Simão: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos, mas sob a tua palavra lançarei as redes. Isto fazendo, apanharam grande quantidade de peixes; e rompiam-se-lhes as redes. Então, fizeram sinais aos companheiros do outro barco, para que fossem ajudá-los. E foram e encheram ambos os barcos, a ponto de quase irem a pique.  Vendo isto, Simão Pedro prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, retira-te de mim, porque sou pecador.”  Lucas 5.1-9

Tenho visto muitas pessoas abatidas, desanimadas, muitos já fizeram tantas coisas para conquistar a bênção e de forma alguma conseguiram o resultado esperado, então desistem.

Esse texto revela o desanimo de muita gente, mas também renova as expectativas para um novo começo. Prepare-se para uma nova oportunidade, o  Senhor espere que você mais uma vez batalhe, insista, porque Ele não desistiu de você.

- No tempo de crise Deus deseja de nós maior doação

 Jesus entrou no contexto no momento que os discípulos estavam cansados, abatidos. E Ele diz: “Simão, me dê o seu barco.” Simão responde: “Senhor, aqui está o meu sustento, minha história...” Mas Jesus insiste.
No momento em que a crise era maior, Jesus disse: “Dê-me o que você tem.” 

 Coloque nas mãos do Senhor aquilo que faz você sofrer, o motivo do seu fracasso, porque o Senhor transformará essa situação em milagre, em vitória.

- O  momento da crise é o momento da revelação

Quando a crise vem ao invés de revolta, da melancolia, volte-se para a Palavra, porque Deus usa as circunstâncias para nos moldar.  Descanse no Senhor. “Vinde a mim, todos vós que estais cansados...”

- Deus tem uma revelação pessoal para cada um

A multidão muitas vezes quer ver os milagres acontecendo, mas Jesus tem para nós experiências pessoais. Jesus ministrou ao coração de Simão.
A dificuldade das pessoas se relacionarem com Deus ‘sem  muletas’ é muito grande. Nós até podemos faltar ao nosso encontro com Deus, mas Ele não falta. Jesus quer relacionamento pessoal  conosco!

- Deus nos chama a correr riscos com Ele

Corra riscos. Lendo o texto vemos a resposta de Simão e ficamos maravilhados! “Sob a tua Palavra lançarei as redes.” Antes de Simão falar isso, ele deu o relatório: “Senhor ficamos aqui a noite inteira e não pescamos nada.”

Segundo historiadores esse episódio deu-se às 10h da manhã, debaixo de um calor forte.  Quando Simão disse: “Sob a sua Palavra lançaremos as redes”  ele dizia a Jesus que  a responsabilidade do que Ele estava falando  era dele e  Jesus dizia a eles: “ E a de vocês é de obedecer a minha palavra.” A palavra de Deus é a verdade e o que Ele diz a nosso respeito se cumprirá.

Quando o milagre aconteceu, Simão pulou aos pés de Jesus e disse: “Afaste-se de mim porque sou pecador.” Por que ele teve essa reação? O verdadeiro milagre produz na nossa vida quebrantamento. O milagre que não produz quebrantamento vira entretenimento, vira show.

Simão iniciou esse episódio quebrado, sem dinheiro e terminou bem de vida. O maior teste de Simão não foi quando ele cedeu o barco para Jesus, mas quando Jesus o pediu para abandonar tudo para segui-lo.

O que era mais importante para ele? A grande pesca, o dinheiro que ele receberia ou seguir a Jesus?
O que é mais importante para você? Sua casa, seus imóveis, sua posição social, seus amigos, seu carro, seu trabalho ou Jesus? Jesus deve ser o principal na nossa vida, Ele deve ser o primeiro!

Pr. Roberto Luiz
Edição: Renata G. Santana

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Como se escolhe um executivo?

Os jovens aprendem rapidamente o que devem fazer para obter reconhecimento: impressionar os outros com sua inteligência, raciocínio rápido e presença dominante. Esses são alguns dos pontos mais exigidos pelo mercado de trabalho, cada vez mais exigente. Com o tempo, dão um polimento em todos os aspectos exteriores de liderança e seus superiores acabam acreditando nisso por completo.

É o caso de uma empresa que estava perdendo participação de mercado e decidiu, então, por contratar um novo CEO. Quando um dos candidatos ao cargo foi entrevistado, o conselho o considerou como candidato perfeito, extremamente hábil, tinha presença dominante e era um excelente comunicador. Embora tivesse progredido rapidamente no emprego anterior, mostrava-se humilde e sincero.

O problema é que os diretores focaram nas características pessoais do candidato, o talento intelectual e a inteligência emocional, a habilidade para inspirar e motivar. Todas as qualidades que as pessoas admiravam e respeitavam em uma pessoa. Mas, eles esqueceram de investigar a fundo sua competência, seus resultados para reposicionar a empresa e sua habilidade para julgar pessoas e formar uma equipe. Qual foi o resultado? Tempos depois a empresa entrou com pedido de falência.

Conclui-se que muitos são os pontos a serem considerados ao escolher um executivo capaz de transformar os resultados de sua empresa.



Prof. Menegatti é considerado um dos maiores conferencistas no desenvolvimento do potencial humano e um expert em desempenho de alto nível. Palestrante em Vendas, Motivação e Liderança.
É autor de vários livros e DVDs, entre eles estão o livro "Talento - É fazer coisas comuns de forma extraordinária" e dos DVDs "O Líder Influenciador" e "Campeão de Vendas".


Siga-nos pelo Twitter: @profmenegatti
Facebook - ProfMenegatti

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Disfunções da articulação temporomandibular (DTM)

A articulação temporomandibular é formada pela junção da mandíbula e o crânio. É responsável pelos movimentos da nossa boca, sendo uma estrutura muito importante que participa do corpo todo e também dos processos respiratórios, postural e emocional. 

As patologias  que acometem essa articulação  e os músculos que fazem seus movimentos são chamadas  disfunções temporomandilbular.

As DTMs ocorrem em grande parte da população, na maioria adultos e tem maior incidência no sexo feminino. Pode comprometer e a qualidade de vida, uma vez que é acompanhada de vários sintomas entre os quais podemos citar: dores de cabeça e/ou face; dor no pescoço;dor lombar; zumbido no ouvido; estalidos na articulação; dificuldades de mastigação; limitação na abertura da boca. 

As DTMS se desenvolvem por várias razões,entre elas: falhas dentárias ; traumatismo; desequilíbrios musculares e articulares; fatores emocionais e estresse; má postura e hábitos parafuncionais.

Dentre os hábitos parafuncionais  podemos destacar: apertamento dental; roer as unhas; mastigar de um só lado; apoiar a mão no queixo enquanto estuda ou trabalha ; permanência de objetos entre os dentes; apoiar com ombro o telefone de encontro ao ouvido; mascar chicletes.

Na maioria dos casos o tratamento é simples e conservador, porém é necessária a atuação de uma equipe multidisciplinar com profissionais da odontologia, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e medicina.

A  intervenção da fisioterapia nas DTMs é realizada através do emprego de várias modalidades tendo como objetivo alívio de dores e restaurar a função normal e equilíbrio postural.

Se você tem algum dos sintomas acima, procure um especialista  em DTM.    

Mônica de Oliveira
Fisioterapeuta- Crefito:4188-F
Clínica Reeducar (31)3082-4488

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

As más conversações corrompem os bons costumes

Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes. I Corintios 15.33

Você pode ser uma pessoa maravilhosa, ter tido educação e princípios maravilhosos, mas se você não vigiar, acabará sendo corrompido pelas palavras.

O diabo sempre usa a boca de alguém para tentar nos tirar do caminho do Senhor. Às vezes você é uma pessoa honesta, íntegra,  que serve ao Senhor, que tem prazer em evangelizar, contribuir, em convidar alguém para vir a igreja, mas o diabo não fica satisfeito e logo coloca alguém ao seu lado para tirá-lo do seu objetivo.

O nosso sucesso muitas vezes incomoda. Por isso tenha cuidado com as pessoas que são instrumentos do diabo para tentar neutralizá-lo.

A Bíblia diz que bem aventurado é aquele que não anda segundo o conselho dos ímpios. Sl 1.1

Não pare para ouvir as pessoas que escarnecem das coisas de Deus. Que falam palavras que para nada aproveitam. Se  perguntarmos a qualquer dependente químico como ele começou a se drogar, ele responderá que foi através de uma palavra.

A palavra de Deus diz que satanás usou a boca de uma serpente para tirar o homem do jardim do Éden.

Sansão foi derrotado através da boca de uma mulher – ele saiu de uma posição de magistratura, altamente respeitado, para empurrar um moinho e se tornar motivo de chacota.

As palavras têm um poder tão forte que se tivermos vigilância, daremos frutos bons.

No deserto, satanás perguntou a Jesus porque Ele não transformava as pedras em pães. Disse a Ele que se Jesus o adorasse prostrado, daria a Ele os reinos da Terra. Satanás tentou tirar Jesus do seu alvo e a mesma coisa ele faz conosco. Ele usa as palavras para tentar nos tirar do alvo. 

Quantas vezes não recebemos propostas que tentam nos tirar do propósito de Deus para as nossas vidas?

Jesus usou as palavras para repreender o diabo: “Não tentarás o Senhor teu Deus... nem só de pão viverá o homem...”

Repreenda o mau com a palavra certa. Não aceite as palavras malditas proferidas contra sua vida e de sua família.

Quando alguém usado pelo diabo proferir uma palavra de maldição, profira uma palavra de bênção. Certa vez em uma viagem no exterior um homem perguntou-me: “Como vai aquela desgraça de Brasil.” Eu ignorei e ele insistiu e disse: “ Eu já fui naquela desgraça dos USA, naquela desgraça da Espanha e nasci naquela desgraça de Brasil” respondi a ele: “O problema está é na sua língua.” A boca fala do que o coração está cheio. 

Tem gente que só fala da vida dos outros porque o coração  está cheio de inveja.

Já percebeu que existem pessoas que colocam defeito nas suas conquistas? São verdadeiros ladrões de alegria. O diabo fala através da boca dessas pessoas.

A Bíblia compara a língua a força de um cavalo e ao leme de um navio.  Tiago 3.2,3 e 4.

Você nunca prosperará no Brasil se ficar falado mal do Brasil e assim sucessivamente. Nunca será abençoado pelo seu pastor, pelo seu patrão, etc  se amaldiçoá-los. Se você amaldiçoar a si mesmo, nunca se sentirá bem.

Por causa das más conversações as pessoas se envolvem com coisas erradas, se prostituem, etc.  O diabo usa a língua das pessoas para fazê-las agir como animas irracionais.

Que a sua boca seja instrumento de vida, não a use para falar mal dos outros. Afaste-se das pessoas que corrompem os bons costumes, que destroem. As más conversações corrompem os bons costumes.

Use sua boca para abençoar! Tenha controle sobre ela. Não se deixe contaminar pelo poder maléfico das palavras.  Se necessário for corte amizades, imponha limites, não se permita ser corrompido.

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana

domingo, 15 de janeiro de 2012

Procure sua dracma enquanto há tempo

Ref: Lucas 15. 8-10.

“Ou qual é a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma, não acende a candeia, varre a casa e a procura diligentemente até encontrá-la?  E, tendo-a achado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque achei a dracma que eu tinha perdido.
Eu vos afirmo que, de igual modo, há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.”

Na vida vamos perdendo muitas coisas. Perdemos e não percebemos que perdemos. Quantos de nós andando pela rua, sentimos alguém tocar no nosso ombro para nos avisar de algo que deixamos cair no chão sem perceber?

Quantos de nós já esquecemos o celular no banheiro, na mesa de uma lanchonete?  Nesse sermão, Jesus disse que essa mulher tinha 10 dracmas e que havia perdido uma delas.  O que é uma dracma? É uma moeda. 

Essa mulher poderia ter feito o que muitas pessoas fazem,  ignorado a  dracma perdida  por ser apenas uma. Mas as pequenas perdas é que geram as grandes perdas. Jesus sempre orientou a respeito das pequenas perdas.

Na parábola das 100 ovelhas, vemos o pastor se preocupando com a ovelha perdida que estava ferida, gemendo e tremendo de frio.

Por que não ligamos para as pequenas perdas?  No inicio de um casamento preocupa-se com os pequenos detalhes, mas o tempo vai passando e as pessoas vão levando as coisas de qualquer maneira.

As desgraças começam com pequenas  coisas. Um prédio não cai da noite para o dia, tudo começa com uma pequena rachadura.

Uma separação não começa de uma hora para outra. Tudo começa com a falta de respeito, com a estupidez...

Há famílias que não têm comunhão, que não se reúnem à mesa e tudo começou com as pessoas saindo da mesa e indo comer na frente da televisão.

Uma infecção generalizada inicia-se com a infecção em um órgão e depois vai se alastrando para os outros.

Um dependente químico não se torna dependente da noite para o dia. Tudo começa com a primeira vez.

Um ladrão não é ladrão de-repente, tudo começa com pequenos furtos, com subtrações que a pessoa pensa que não tem nada haver.

Toda  mentira, prostituição, vício, começa com  primeira vez que pessoa cedeu ao pecado. Muitas pessoas se conformar com as perdas, mas a Bíblia relata que a mulher do texto não se conformou com a dracma que ela perdeu. 

A primeira coisa que ela fez foi acender a luz

Acenda a luz. Tape a brecha que você abriu. Peça perdão a Deus, a quem você feriu e volte ao primeiro amor.

Segunda coisa: Ela varreu a casa

Ela não espanou a casa. O espanador só tira a poeira, mas a vassoura arranca a sujeira. Quando a cera está impregnada no taco, não adianta passar uma nova cera, é necessário passar um escovão.  Passe a vassoura nos erros da sua vida.

Terceira coisa: Ela procurou diligentemente a dracma até encontrá-la

Procurar diligentemente no hebraico é arrastar os móveis.  Arraste tudo que possa impedi-lo de ver onde está a sua dracma.  Não desista de procurá-la .

Há pessoas que desistem do casamento e não procuram ajuda em lugar nenhum. Outras perderam  o prazer de trabalhar direito e passaram a fazer tudo de qualquer maneira.

Há os que eram pessoas agradáveis, felizes, e se tornaram pessoas briguentas, amargas. Não precisamos ser assim.

Quando aquela mulher encontrou a dracma perdida ela chamou suas amigas e comemorou. Sua dracma perdida pode ser sua saúde, sua motivação pela vida, pode ser sua vida espiritual, suas roupas, seus filhos. Procure suas dracmas perdidas e você encontrará outras coisas que você nem sabia que havia perdido.

É muito fácil perder as coisas. É fácil parar de dar um beijo, dormir separado, parar de ter comunhão com a família...,  mas pode ser muito difícil encontrar essas  dracmas.  Existem coisas na nossa vida que perdemos e  que nunca mais iremos revê-las.  Procure sua dracma enquanto há tempo.

Nós somos dracmas perdidas que o Senhor encontrou. “Porque Deus amou seu filho para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3.16.

Procure sua dracma!

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana

Prossiga para o alvo

Ref: Filipenses 3.12-16

“Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”
 Vs 13 e 14

Não conseguimos esquecer todas as perdas e derrotas da vida. Mas podemos viver sem aquilo que nos fez sofrer nos atrapalhando nosso  presente ou futuro.

Existem pessoas que vivem se lamentando por aquilo que perderam. É como uma ferida que todos os dias é cutucada.

A Bíblia diz: “Não andeis ansiosos por coisa alguma.” Se o próprio Jesus disse isso, é porque é possível não andar ansioso.  Se a Bíblia diz para perdoarmos é porque é possível perdoar. Se a Bíblia diz para esquecermos as coisas que ficaram para trás, é porque é possível.

Precisamos ter alvos na nossa vida.  Se alcançarmos 70% dos nossos objetivos, poderemos até ficar tristes pelos 30% que não foram alcançados.  Mas se não tivermos nenhum alvo o que alcançaremos? 

Sem falar que a ótica de Deus é diferente da nossa.  O que para nós pode ser uma pendência que não foi conquistada, para Deus pode ser 100% de aproveitamento.

A Bíblia nos orienta a sermos equilibrados, prosseguindo para o alvo. Deus nos diz para vivermos de acordo com o que já alcançamos. Vs 16.

Para termos alvos, precisamos de um objetivo definido e uma razão especifica para vencer. Jesus tinha um alvo que era o de morrer na cruz pela salvação da humanidade.  Ele foi o único homem que pisou nessa terra  que sabia do seu destino.

Se não tivermos alvos na nossa vida nunca estaremos satisfeitos com o que já conquistamos.
Talvez você esteja carregando uma cruz que não é sua e por isso não consegue olhar para o alvo.  Depois as pessoas conseguem resolver seus problemas e você fica sofrendo. Carregue sua própria cruz e prossiga para o alvo.

Se não der para fazer agora tudo o que você deseja, faça o que estiver em suas mãos, não fique desesperado se não puder ajudar a todos. Jesus disse: “Cada um tome a sua cruz e segue-me.” Pegue sua cruz, e prossiga para o alvo.

Que o Senhor nos ajude a olhar pra Cristo e nos desfazer dos pesos mortos, das tristezas que ficaram para trás!

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana 

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Louve a Deus diante das pressões - Série Bênção e Maldição

Ref: Números 20: 1-13

São estas as águas de Meribá, porque os filhos de Israel contenderam com o Senhor; e o Senhor se santificou neles.” Vs 13

Esse texto é um dos textos mais classicos para vermos como a boca é instrumento para perdermos as bênçãos de Deus. 
Certa vez eu estava na fila de um banco e o caixa perguntou ao rapaz que estava na minha frente: “O Senhor vai retirar tudo ou vai deixar algum dinheiro?” Ele respondeu: “Me dá essa micharia toda!” Você acha que esse dinheiro na mão desse rapaz irá prosperar?

As palavras produzem frutos. Existem maridos  criticando suas esposas, chamando-as de feias, gordas, e outros adjetivos pejorativos. Como  você acha que uma esposa que recebe esses adjetivos reagirá?

As palavras têm o poder de levantar ou destruir uma pessoa e algumas vezes certas palavras ferem mais que um tapa.

Quantas esposas falam para os seus maridos: “Já que eu não sirvo pra você, vai pra rua e arrume outra mulher.” Essa palavra é muito forte e alguns maridos vão para a rua e arrumam outras mulheres.

O diabo não sabe o que pensamos, só Deus é onisciente. Sendo assim, só há uma maneira dele saber o que nos entristece; se falarmos.  Temos que ter cuidado com o que sai da nossa boca. Muitos problemas são resultado do que falamos.

Muitos pais colocam apelidos que depreciam seus filhos e os amaldiçoam. A mãe diz: “Oh mão mole, palermo, anta, troço, tapado, praga danada...”  Observe o rendimento de uma criança que recebe essas palavras de maldição  na escola!

O povo estava no deserto e não havia água, e aí passaram a pressionar Moisés e ele se viu numa situação complicada!  Na hora da pressão, conte até 10. Entre no banheiro, ore, peça a Deus graça para não falar coisas que possam piorar a situação.

O povo passou a dizer a Moisés: “Era melhor ficar no Egito.” Muitas esposas dizem aos seus maridos: “Eu era feliz quando estava solteira. Bom era o meu ex-namorado.” A mulher pode dizer que falou isso de brincadeira, mas o marido não esquece aquelas palavras. 

Talvez muitas coisas não aconteceram na sua vida pelas palavras que você proferiu para as pessoas que moram com você. 

Do mesmo jeito que Moisés foi pressionado, nós somos também. Tome cuidado com o que você fala na hora da raiva.  
Deus falou a Moisés que escolhesse uma rocha no deserto e falasse com ela que ela daria água. Mas  o povo pressionou tanto que ele chegou diante da rocha e bateu nela.
“Toma o bordão, ajunta o povo, tu e Arão, teu irmão, e, diante dele, falai à rocha, e dará a sua água;” vs 8

“Ouvi, agora, rebeldes: porventura, faremos sair água desta rocha para vós outros?   Moisés levantou a mão e feriu a rocha duas vezes com o seu bordão, e saíram muitas águas; e bebeu a congregação e os seus animais.  Mas o Senhor disse a Moisés e a Arão: Visto que não crestes em mim, para me santificardes diante dos filhos de Israel, por isso, não fareis entrar este povo na terra que lhe dei.” Vs 11 e 12

Por causa disso Deus deu o milagre da água sair da rocha, mas não deu a vitória a Moisés.  Por causa da atitude dele frente a pressão do povo, ele não entrou na Terra prometida. Existem pessoas que vêem o milagre, mas não desfrutam dele.

Muitas mulheres se casaram, mas não têm alegria com seus maridos. Têm filhos, mas não são pessoas realizadas, por causa das palavras que saem da boca delas.

Se você souber usar a boca, desfrutará da água, beberá da água e entrará na Terra Prometida. Se não souber, poderá até ver o milagre, mas não desfrutará dele. Por causa da pressão do povo  Moisés não obteve a vitória completa.

Por causa da pressão, Moisés esqueceu que o mar vermelho se abriu, esqueceu dos milagres que foram realizados no  Egito e  não pôde desfrturar do milagre. Não pôde entrar na Terra Prometida.

Quando Deus disciplinou Moisés, ele não pediu perdão a Deus. Se ele tivesse pedido perdão por ter ferido a rocha, Deus o teria perdoado.  Ele aceitou a disciplina sem se quebrantar. Reconheça o erro e quebrante-se diante de Deus. Sua história será transformada e toda maldição se converterá em bênção!

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Entregue o teu caminho ao Senhor

Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá. Salmos 37.5.
Ref: Salmos 37.3-6.

Deus quer renovar algumas coisas na nossa vida nesse ano de 2012 e uma dessas coisas é a confiança.

Confiança na Sua palavra, nos seus princípios e valores para a nossa vida. O homem e a mulher  de Deus confiam no Senhor e não se entregam aos prazeres e perspectivas desse mundo.

Quem deve ditar as regras para a nossa vida é  a palavra de Deus. A nossa esperança e confiança tem que estar no Senhor.

“Confie no Senhor e faça o bem; assim você habitará na terra e desfrutará segurança.” Sl 37.3

Fazer o bem significa colocar a  nossa expectativa  no Senhor é nos entregarmos aos valores de d'Ele.

Habitar a terra significa  ter confiança no Senhor. Deus nos dá confiança para nos apossarmos do que Ele tem pra nós.

“Agrada-te  também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração.” Salmos 37:4

Agradar de Deus é colocá-Lo em primeiro lugar e Tê-Lo como nosso prazer. Deus é o seu maior prazer? O que você mais busca e procura? Quando Deus é o nosso prazer, Ele satisfaz os desejos do nosso coração.

Busque o reino de Deus em primeiro lugar e faça d’Ele a sua prioridade. “Buscai o Senhor e a sua justiça e todas as outras coisas vos serão acrescentadas.”

Talvez haja desejos no seu coração que ainda não foram  realizados. Deus sempre deposita uma motivação extra no coração do justo para satisfazer os desejos do seu coração.

“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.” Salmos 37:5

Existem pessoas que não conseguem entregar seu caminho ao Senhor, mas a mão de Deus é a mão segura. Pare de dirigir sua própria vida, deixe Deus guiá-lo.

Quando as coisas estão nas mãos de Deus elas ficam melhores que em nossas mãos.  Caminho fala de direção, alvos, planos, diretrizes. Entrega o teu trilho , o teu caminho ao Senhor.

Não dê mais nenhum passo enquanto Deus não te mostrar o que fazer. Nesse mundo louco que vivemos é melhor darmos um passo de cada vez  e dar o passo que Deus nos mandar dar.  

“O mais Ele fará” : O mais de Deus são as bênçãos, os novos cânticos que Ele nos dá, a vida no ministério, são as vidas salvas, a empresa resgatada... O mais de Deus é imensurável, é a eternidade, a vida eterna. É uma vida próspera diante do Senhor. O mais de Deus é uma vida santa, uma vida reta. São os valores espirituais granjeados no nosso coração.

“E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu direito como o meio-dia.”  Salmos 37:6

Esse versículo fala de tudo que é justo para a nossa vida. Creia que aquilo que é seu já está segurado nas mãos de Deus. É o Senhor que segura uma causa independente do homem querer ou não, por isso descanse no Senhor, Ele está no controle.

Descansar não é apenas uma atitude física é uma atitude espiritual. Quem confia, descansa. Devemos a cada dia, a cada manhã entregar as nossas causas a Ele.

Deus sempre tem uma saída para todas as coisas, Ele tem a melhor saída! Deus deseja que você entregue seu caminho a Ele. Apenas isso! Entregue e confie, pode ter certeza que o mais Ele fará!

Pr. Asaph Borba
Edição: Renata G. Santana
 

Deus usa os disponíveis!

A motivação do ministério do homem e da mulher tem que ser o amor e nenhuma outra coisa mais! O Senhor move a nossa vida de forma a gerar o puro e verdadeiro amor. O amor precisa estar na direção de Deus!

Características do ministério que agrada a Deus.


- Amor - Amarás o Senhor teu Deus te todo o vosso coração

Podemos refletir o amor de Deus o amor na igreja, no serviço e para isso é necessário  ter amor e compaixão. Existem muitas pessoas que levam o ministério no piloto automático.

É necessário ter amor e compaixão pelas pessoas.  Quando somos movidos pelo amor somos instrumentos de edificação e construção no reino de Deus!

Existem pessoas que precisam ser amadas. Acima de tudo ame a Deus, os irmãos, ame o seu chamado.
Amar o chamado é valorizar o que Deus tem nos dado. Não leve seu ministério de forma leviana ou banal.
Quando assim fazemos levamos a sério santidade de vida, caráter.

Quantos músicos não levam a sério a santidade dos seus ministérios? Sabe por que? Porque não há amor nos seus ministérios. Tudo que tem amor prospera! O amor resgata, e não deixa ninguém perdido, não deixa ninguém desamparado.

- O ministério tem que ser cheio do Espírito – Ef 5.18, I co 6.19


Deus nos faz depositários do seu Espírito por uma razão. O ministro de Deus deve ser cheio do amor e cheio do Espírito.

Deixe o Espírito Santo te ensinar. Uma pessoa que é ensinada pelo Espírito Santo não age intempestivamente.

- Fortalecimento do Espírito Santo -  O Espírito fortalece


Todo ministério, tudo que fazemos deve ser feito na força do Espírito Santo. Você pode ser forte nos dons e talentos, mas o ministério e o poder do Espírito tem que vir na frente. Não abrevie a longevidade do seu ministério colocando outras coisas na frente d’Ele.

Unção não é apenas receber uma unção de óleo sobre a cabeça. A continuidade da unção depende de uma sintonia fina com a vontade de Deus. Quanto mais sintonizamos o nosso coração com o coração de Deus crescemos na unção do Senhor.

Unção é quando encontramos o enfermo na hora dele ser curado. Quando você trazemos a palavra certa na  hora certa para a vida de alguém.

- Todo ministério deve viver e buscar separação para com Deus. I Cro 5.21

Separação não é apenas servir a Deus em ministério integral. Separação é certeza de destino. É certeza do chamado de Deus para a sua vida.

Uma verdadeira separação ministerial define seus sonhos. “Agrada-te do Senhor e ele satisfará o desejo do seu coração.”

Não minimize o potencial de Deus na sua vida, Deus tem coisas grandes para você.

Uma pessoa chamada para o ministério sabe onde usar seu tempo.  O chamado de uma pessoa é confirmado em primeiro lugar pelo Espirito Santo. Depois é confirmado pela família, (cônjuge, filhos...), e depois acontece a preparação. Todo aquele que é chamado precisa se preparar.

Moisés foi preparado durante 40 anos e foi para o deserto. Às vezes o tempo de preparação é no deserto. No deserto de uma faculdade, por exemplo, mas lá na frente, Deus usará aquele conhecimento para a sua glória e louvor.

Depois da confirmação, da preparação é o tempo de colher os frutos. E para colhermos os frutos precisamos também ser submissos àqueles que Deus colocou sobre nós.

- Disponibilidade - Seja eternamente disponível a Deus!

Deus sempre quer nos usar. Às vezes você tem um chamado para um outro país e você está estagnado no  local errado. Deus não usa os mais capazes, Deus usa os disponíveis. Deus tirou Davi por de trás das malhadas, porque ele era disponível para servir.

Davi era um rapaz disponível! Em obediência ao pai, foi levar pão e queijo para os irmãos. Quando Saul estava perturbado, tocou harpa para  ele. Se dispôs a lutar com o gigante Golias, ele era pau para toda obra.

Deus usa na sua obra os disponíveis! Seja disponível, diga ao Senhor: "Eis me aqui Senhor!"


Pr. Asaph Borba na reunião dos ministros de louvor e músicos na Igreja Batista Getsêmani.
Edição: Renata G. Santana