domingo, 1 de janeiro de 2012

O pedido de Jairo

Marcos 5.21-25, 35-43

Minha filhinha está à morte; vem, impõe as mãos sobre ela, para que seja salva, e viverá.” Mc 5.23.

Os homens fazem previsões, o homem tenta desvendar o futuro e tenta penetrar o impenetrável, mas a Bíblia diz que o amanhã pertence a Deus. Se estamos vivos é porque Deus tem algo a fazer nas nossas vidas.

Jairo era o principal da sinagoga, um judeu, rabino e Ele sabia da fama de Jesus que ministrava e as pessoas eram libertas.

Antes de Jesus as pessoas não sabiam o que fazer diante de uma pessoa possessa. A Bíblia diz que por 18 anos uma mulher andava encurvada e Jesus a libertou!

A Bíblia também relata a história da mulher que tinha um fluxo de sangue. Fala sobre um homem gadareno que morava no cemitério e a sociedade não sabia o que fazer, porque ele estava possesso. Ele andava nu e ninguém conseguia prendê-lo, mas, através de Jesus houve livramento na vida dessas pessoas.

Antes de Jesus os demônios faziam arruaça na vida das pessoas. A chegada de Jesus significou libertação.
Jesus sem uma espada na mão revolucionou a história da humanidade. Ele pregava e as pessoas ficavam paralisadas. Ele orava e os céus se abriam. Ele foi a quatro velórios e todos os defuntos ressuscitaram.

A história da humanidade é registrada em AC (antes de Cristo)  e DC (depois de Cristo).

A filha de Jairo estava quase a morte e ele ouviu dizer que Jesus passava onde ele estava.  A prova nos aproxima de Deus e muda a nossa história.  Jairo abriu mão da sua posição, da sua soberania e correu em direção onde Cristo estava.

Quando ele viu Jesus se prostrou aos seus pés. Eis que se chegou a ele um dos principais da sinagoga, chamado Jairo, e, vendo-o, prostrou-se a seus pés.” Mc 5.22.

Seria o mesmo hoje, que um sacerdote entrasse numa igreja evangélica e pedisse ajuda aos pastores.
Jairo, um sacerdote judeu se ajoelhou perante Jesus e suplicou por sua filha.  Jesus se tornou o principal na vida dele e a sua posição tornou-se secundária.

Na hora que Jesus estava indo com Jairo, uma mulher doente intercepta Jesus.

Imagine como Jairo deve ter ficado! Sua filha estava à morte e uma mulher imediu que a solução chegasse até sua filha.

Jesus atendeu aquela mulher e quando resolveu ir à casa de Jairo,  ouviu que a criança havia morrido.  Diante do que falaram Jairo não desesperou, nem murmurou e Jesus disse a ele: “Não temas, crê somente.” O que estão dizendo que morreu na nossa vida, não morreu.

Muitas vezes Deus trabalha conosco no íntimo e no interior.  Talvez você ainda não tenha recebido o milagre de Deus na sua vida, porque qualquer coisinha faz você acusar Deus.

Jesus foi com Pedro, Tiago e João a casa de Jairo e perguntou onde estava a menina. Chegando lá, disse que a menina não estava morta, mas dormia. O povo que estava lá chorando passou a rir.

Todas as vezes que você estiver indo em direção a um milagre e confessar o que você crê, satanás usará alguém para zombar de você. Riram de Jesus quando Ele disse que a filha de Jairo não estava morta, mas dormia.

Só viu o milagre da ressuscitação da filha de Jairo aqueles que não riram.  Entraram o pai, a mãe, Pedro, Tiago e João. Só quem crê verá os milagres, e o resto terá que aplaudir.

Não ande com pessoas que ridicularizam a fé e zombam das coisas de Deus. Os zombadores não estão preparados para o milagre! Os incrédulos, Jesus colocou para fora!

 “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento.”
 Pv 3.5.

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário