terça-feira, 30 de julho de 2013

Como você olha para a vida?

“A candeia do corpo é o olho. Sendo, pois, o teu olho simples, também todo o teu corpo será luminoso; mas, se for mau, também o teu corpo será tenebroso. Vê, pois, que a luz que em ti há não sejam trevas. Se, pois, todo o teu corpo é luminoso, não tendo em trevas parte alguma, todo será luminoso, como quando a candeia te ilumina com o seu resplendor.”  Lucas 11:34-36

Quando Jesus fala aqui dos olhos, não está falando do Globo Ocular. Mas sim da maneira como devemos olhar para as coisas. 

Como você olha para a vida? A maneira como olhamos a vida, pode fazer com que a mesma seja abençoada, ou seja uma vida de trevas.

Como olhar para o futuro? Sei que os dias não são fáceis, que a competição é grande, que o sistema capitalista é cruel.

Você encara o futuro com esperança? Fuja das pessoas que não vêem o futuro com otimismo. 

E como você olha para o passado?  Se a maneira que olharmos para o passado for boa, toda a nossa vida será iluminada, se não, nossa vida será uma vida de trevas. 

Olhe para o passado com gratidão. Valorize as pessoas que cuidaram de você na sua infância, que trocaram suas fraldas, lhe levaram a escola, etc. 

Como você trata as pessoas que convivem com você? Se você morrer,  como você será lembrado? Precisamos ser embaixadores de Jesus Cristo. 

Como você olha para o lado? Com ternura, amor, ou você trata as pessoas de qualquer maneira, com rispidez?   

Como você olha para Deus? Com louvor, adoração, louvando o Seu nome, ou Deus para você é um garçom?

Como você olha para baixo? Como olha para as pessoas que estão hierarquicamente abaixo de você?

Como você olha para o irmão que pecou? Não podemos crucificar o soldado ferido! Se alguém cometeu um deslize, estenda a mão, ajude, ame! Quantos jovens eram viciados em droga e hoje por causa de Jesus são pastores?!

Como você olha para dentro? Quem é você para você?
Como você se olha?  Fomos formados de sais minerais, proteínas, gordura, cálcio e quando morremos entramos num processo de putrefação e deterioramos -  o produto final da decomposição é a Putrecina e Cadaveína que causam aquele odor ruim. Sendo assim seja humilde, não somos nada além disso.

Somos passageiros, temporários.  Não podemos ser bestas, soberbos, somos temporários, falhos, pequenos e precisamos da misericórdia do Senhor, dos nossos irmãos, porque sozinhos não chegamos a lugar nenhum. 

Se a maneira como olharmos para a vida for boa, todo o nosso corpo será iluminado, mas se olharmos com soberba, nosso corpo será de trevas.

Olhe pra trás gratidão, para o lado com ternura e amor, para cima para o Senhor. 

Pr. Paulo César Brito
Edição: Renata G. Santana

Frases Pr. Paulo César Brito

"Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes."
Efésios 6.13


"E foram a um lugar chamado Getsêmani, e disse aos seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu oro.
E tomou consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, e começou a ter pavor, e a angustiar-se.
E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui, e vigiai." Marcos 14.32-34


Se o dia mau não passar, Deus lhe dará forças e alegria para enfrentá-lo. Não abandone a causa por causa do dia mau.

Precisamos entender que Deus não é obrigado a responder nossas orações, Ele é Deus, nos é quem somos seus servos.

Quando o dia mau chegar admita sua fragilidade, abra seu coração, se aconselhe com a #PESSOACERTA.

Aprenda a elogiar a Deus, louve-O em todo o tempo, tenha intimidade com Ele, para  que no dia mau, você esteja preparado!

No dia mau antecipe-se em oração.

Pr. Paulo Brito no CPEMG

domingo, 28 de julho de 2013

A mensagem da cruz


"Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus." 1 Coríntios 1.18

"Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus. Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens." 1 Coríntios 1.22-25

A mensagem da cruz é escândalo, é vergonha. A mensagem da cruz produz no coração, na mente, nos instintos de quem a ouve, muitas vezes, estranheza.

Não existe cruz sem sangue, não existe cruz de papelão, isopor. A cruz é a verdade e ela tem sangue e todas as vezes que somos levados para a cruz nos deparamos com o sofrimento, com a vergonha e é muito sofrimento e muita vergonha. 

A cruz é loucura porque ela é morte. Todas as vezes que contemplamos a cruz é impossível que queiramos outra coisa a não ser o efeito da cruz na nossa vida. 

O que estamos extraindo das nossas oportunidades quanto igreja, quem é o nosso referencial?
O apóstolo está nos ensinando a olhar para a cruz, a parar de olhar para as coisas e olhar para a cruz.

Guarde o seu coração olhando para a cruz! Não nos atemos ao que é passageiro, mas olhemos para o que é eterno. Tudo vai passar, mas a Palavra de Deus permanecerá para sempre. 

Quando entendemos a mensagem da cruz e ela entranha dentro de nós, as coisas deixam de ter valor.
Prefira a mensagem da cruz porque nela temos vida!

Pr. Gamaliel no Culto Caixa d' Água
Edição: Renata G. Santana

O canto do amor

Os apaixonados se casam. Na tela da vida explodem corações. Alegrias, lágrimas, esperanças, trabalho e sonhos norteiam o caminho pontilhados de estrelas. O amor, comovente envolve a rotina num canto silencioso; lábios se tocam, sussurros ao pé do ouvido dizem o quanto a vida é linda; Deus ajunta os diferentes para se completarem e se tronarem um só.

Todavia, o encanto, com as dificuldades normais de uma vida a dois, vai se apagando. O que era lindo fica feio, doentio, e sufocante.

O que Deus ajuntou a falta de diálogo e gentilezas desuniu no dia a dia de uma corrida desenfreada por ter; um crescente descontentamento cria desencontros familiares levados ao extremo.

Que pena! Os que os tornava felizes e os levaria a grandeza era a união e harmonia que tinham e agora perderam. É o constante aprimoramento da delicadeza, perdão e entendimento que leva a paz. Ninguém pode ter uma família saudável construindo uma história repleta de mágoas, desavenças, e cobranças.

Mais do que trabalhar duro e pagar contas, é preciso proteger o amor e plantar generosidade; é tecendo a vida pouco a pouco, juntando os retalhos com pequenos fios de bondade, respeito e consideração, que a família vai se colorindo, para se tornar uma linda colcha que nos aquece e enfeita as noites frias.

Ao abandonar o carinho, a canção original, cheia de gozo, apoteótica, se desfaz em um lamento; não mais embalada ou faz o coração dançar. 

Mesmo que a vida, como a colcha que me referi acima, seja ferida pelo furar da agulha que costura a vida a dois, é preciso entender que objetivo da agulha. Ela não tem o desejo de machucar, não costura para matar. Costura para unir pedaços que não fazem sentido, que unidos, se tornam uma obra prima, pura arte, o trabalho do maior de todos os artesãos - Deus.

Por favor, lhe rogo, pelas misericórdias de Deus, não deixe que se rompam todos os diques. Pare de sempre querer fazer um acerto de contas. Acenda pequenas luzes de compreensão, respeito, coração aberto, quando aparecerem as trevas do desentendimento. 

Faça as coisas do jeito de Deus e não do seu jeito. Então, virá a união e o fim do distanciamento para trazer um tempo novo.

Para ser feliz é preciso cantar junto a canção da renuncia e beleza. E seus filhos cantaram com vocês - é a vida, é o amor, é o céu. 


Ao ceder descobrimos que a felicidade mora com aqueles que perdoam, nunca com os orgulhosos ou irredutíveis.

Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu próximo, é mentiroso;  pois aquele que não ama a seu próximo, a quem vê,  não pode amar a Deus, a quem não vê.
1 João 4.20

Pr. Silmar Coelho
Casado com Janice Coelho, é pai de Tiago, Filipe, Lucas e Cristine. Doutor em liderança pela Universidade Oral Roberts, Tulsa/ USA. Escreveu vários Best-Sellers.  É escritor premiado, músico, compositor e pastor há mais de 39 anos. 

www.silmarcoelho.com.br
Twitter: @silmarcoelho 
Facebook: pastorsilmar

Para ser líder..., levante-se!

“E sucedeu depois da morte de Moisés, servo do SENHOR, que o SENHOR falou a Josué, filho de Num, servo de Moisés, dizendo: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu disse a Moisés. Desde o deserto e do Líbano, até ao grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo. Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei. Esforça-te, e tem bom ânimo; porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares.Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares.”  Josué 1.1-9
Não existem fábricas de líderes, você tem que se dispor e dizer: “Serei um líder, vou assumir posição de liderança onde estiver...”

Deus falou com Josué: “Moisés meu servo é morto.” As pessoas morrem, líderes morrem, sendo assim, a oportunidade que temos para liderar não durará para sempre.

Josué diante da morte de Moisés se prostrou, ficou desanimado, na hora que ele tinha que pegar o touro pelo chifre, ele se acomodou.

Há pessoas que até hoje vivem do que já não é mais realidade em sua vida. Moisés havia passado e era hora de Josué se posicionar como líder.

Um líder tem que ter determinação. Quem sabe você está até hoje está vivendo na barra de seus pais? Quem sabe está na hora de você se posicionar e ser um líder? Há pessoas que até hoje estão nas costas de seus familiares e não vão pra frente.

Existem situações na sua vida que já morreram e você precisa reagir ao invés de mumificar o que já ficou pra trás. Vá para frente, não temas, não te espantes!

“Quem põe a mão no arado e olha pra trás...” Nunca será líder. Josué agora teria que viver à sua maneira, ele escreveria o seu caminho. Moisés teve duas mulheres, Josué apenas uma.

Ponha um ponto final na sua dependência dos outros e dependa  de Deus! Não fique chorando a morte de ‘Moisés’ levante-se e siga em frente!

Quem sabe você está igual a Josué e até agora não cortou o cordão umbilical com o seu passado?  Levante-se da sua prostração, enfrente o que  for  necessário enfrentar.  Não sofra por quem não te quer, levante-se, Deus tem o melhor para a sua vida! Reaja!

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana


terça-feira, 23 de julho de 2013

Deus vai te enviar na frente

“Agora, pois, não vos entristeçais, nem vos pese aos vossos olhos por me haverdes vendido para cá; porque para conservação da vida, Deus me enviou adiante de vós.” Gênesis 45.5

O texto acima merece nossa atenção. Estamos diante de um texto que é familiar, falar desse patriarca chamado José, é aquilo que muitos de nós já conhecemos.

Você gostaria que Deus o enviasse na frente? Vou dar a você 10 passos da vida de José que foram primordiais para que ele pudesse dizer lá na frente: “Foi Deus que me enviou” Em Gn 37.5, diz que José teve um sonho. Tudo na nossa vida começa com um sonho.
Você se formou na faculdade, se casou, adquiriu o primeiro carro, teve o primeiro filho... SONHO. 

Nunca seremos enviados à frente por Deus se não estivermos dispostos a sonhar, se não estivermos dispostos a estabelecer um projeto, um alvo.  A sua vida só será mudada à partir do projeto que você estabelecer.

Deus honrará seus projetos, os teus sonhos. O sonho na vida de José foi algo tão forte que Gn 37.19 diz que ele vai atender um pedido do seu pai, porque quem sonha obedece o PAI, e foi ver seus irmãos e quando ele vai se aproximando de seus irmãos, um deles diz: “Lá vem o sonhador.”

Quem sonha, até o seu nome é mudado, as pessoas conseguem ver o sonho estampado na vida do que sonha.

II) Quem sonha, o sonho se torna visível.


III) Quem sonha tem a rota da sua vida mudada


Na carruagem do Ismaelita que José entrou havia especiarias, balsamo e mirra. Naquela carruagem havia unção da prosperidade, unção  para ser curado, e unção para  governar.  Profetizo isso sobre a sua vida.  Quem é curado perdoa!
Gn 37.25

Deus certas vezes permite algumas situações que não entendemos, mas lá na frente glorificaremos a Deus.

IV) Quem sonha tudo onde a pessoa coloca a mão prospera

José foi ser escravo na casa do comandante do exército de Faraó e tudo onde colocava a mão prosperava. Quando temos bálsamo e cura na nossa vida, no lugar mais improvável, Deus nos prospera.  O mal contra ti virá o bem -  Gn 39.5.

A unção é uma marca tão forte que a pessoa tem vitória onde ninguém teve.  A sua aliança com Deus é maior que o seu sonho. A mulher de Potifar assediou José e colocou a culpa nele, mas nessa situação eu vejo algumas lições:


- Na prisão José vira líder.  Gn 40.9-12

José não teve dificuldade nenhuma de interpretar  o sonho de dois prisioneiros. Porque interpretar sonho no palácio, na presença do rei, tá cheio, quero ver ter animo para interpretar sonho na prisão.

Antes do palácio tem a prisão. Antes de José interpretar o sonho do Faraó teve que interpretar o sonho do prisioneiro. É o pequeno que nos leva para o grande.

Se fizermos com excelência na prisão, faremos bem no palácio. Há pessoas que odeiam as coisas pequenas, no trabalho pequeno não quer trabalhar, no culto pequeno não quer ir, não quer ajudar.

- Se não formos avivados no tempo da luta como receberemos vitória?

Quando José chegou na prisão revolucionou tudo.  O que está dando errado na sua vida começará a  dar certo.

V) Quem deseja viver um romper na sua vida não tem dificuldade de liberar perdão

José perdoou seus irmãos. Quem quer viver um romper sabe liberar perdão. Gn 42.8

Todo milagre sempre começará com uma entrega. José pediu aos seus irmãos que lhe trouxessem seu irmão mais novo, Benjamim.  Os irmãos de José então tiveram que relatar o pedido de José ao pai. 

Jacó teria que liberar o seu bem mais precioso, seu filho mais novo ele só não sabia que ao liberar a ida de Benjamim para o Egito, abriria a porta para o milagre acontecer. Há horas que Benjamim tem que sair de casa.

Veja a trajetória de bênçãos nos versículos abaixo:

“Agora, não se aflijam nem se recriminem por terem me vendido para cá, pois foi para salvar vidas que Deus me enviou adiante de vocês.” Gênesis 45.5

“e lhe deram a notícia: "José ainda está vivo! Na verdade ele é o governador de todo o Egito". O coração de Jacó quase parou! Não podia acreditar neles.” Gênesis 45.26

“Mas, quando lhe relataram tudo o que José lhes dissera, e vendo Jacó, seu pai, as carruagens que José enviara para buscá-lo, seu espírito reviveu.” Gênesis 45.27

A Bíblia diz que no vs 28 Jacó disse: “Basta, vou ver meu filho...” Em nome de Jesus ainda esse mês você dirá ‘Basta’ para o problema que você vive.

Quem sabe Deus vai fazer não tem medo de parar em Berseba e entregar  sacrifício. Jacó fez isso, partiu para ver seu filho.


Porque Jacó entregou seu filho olha o que lhes aconteceu: “José instalou seu pai e seus irmãos e deu-lhes propriedade na melhor parte das terras do Egito, na região de Ramessés, conforme a ordem do faraó. Providenciou também sustento para seu pai, para seus irmãos e para toda a sua família, de acordo com o número de filhos de cada um.” Gênesis 47.11-12

Jacó foi morar no melhor lugar do Egito sendo sustentado pelo governo. Deus tem Ramessés para  a sua vida.

Pr. Eliel Lima
Edição: Renata G. Santana

domingo, 21 de julho de 2013

A cruz é a vontade de Deus

"E desde a hora sexta houve trevas sobre toda a terra, até à hora nona. E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? E alguns dos que ali estavam, ouvindo isto, diziam: Este chama por Elias, E logo um deles, correndo, tomou uma esponja, e embebeu-a em vinagre, e, pondo-a numa cana, dava-lhe de beber. Os outros, porém, diziam: Deixa, vejamos se Elias vem livrá-lo.
E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito. E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras; E abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados;
E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos. E o centurião e os que com ele guardavam a Jesus, vendo o terremoto, e as coisas que haviam sucedido, tiveram grande temor, e disseram: Verdadeiramente este era o Filho de Deus."
Mateus 27:45-54

A cruz de Cristo é o poder de Cristo para a nossa vida , ela traz coisas maravilhosas e assustadoras para as nossas vidas. 

A cruz sempre traz algo novo para as nossas vidas. A Bíblia diz que Jesus disse: “Se possível for passa de mim esse cálice...” Jesus sabia que iria se deparar com a ira de Deus.

Pensa numa coisa punk – a ira de Deus sendo derramada sobre você. Era necessário que alguém expiasse nossos pecados através de um grande sacrifício e isso aconteceu através da cruz de Cristo.

Jamais teríamos a capacidade de receber tamanha ira sobre as nossas vidas. A cruz é lugar de encontro, mas também de negativas.

Quando crescemos as negativas passam doer em  nós. O ser humano tem um grande problema com o não. A cruz é lugar de negativas. Devemos negar a nós mesmos e seguir a Cristo aceitando as negativas que a cruz nos traz.

O não de Deus é o sim maior nas nossas vidas. Deus espera que depois de tamanho sacrifício aceitemos a negativa de Deus. Negue as suas vontades!

Sempre tem um gadareno que tentará nos tirar da cruz! Sempre terá alguém na nossa vida para nos perturbar e tentar nos tirar da cruz – tenha boas amizades.

Estar na cruz custa e é muito caro! Quando começamos a negar as nossas vontades, Deus olha de forma diferenciada pra nós. A cruz de Cristo nos proporciona com uma vida diferente, que nos faz deparar com negativas e nos faz deixar no altar tudo aquilo que achamos que temos direito.

Quando estamos na cruz de Cristo, já não vivemos mais, mas Cristo em nós.
A cruz de Cristo nos cativa e nos expõe, mostrando a nossa total dependência de Deus. Vale a pena estar crucificado com Cristo. Que hoje possamos crucificar nossas vontades e tudo o que achamos que é melhor pra nós.

Que o Espírito Santo interceda por nós e que possamos olhar em direção a Cristo. Jesus é o caminho que nos leva em direção a Deus.

Jesus Cristo disse: “Seja feita a Tua vontade” e a vontade de Deus era que Jesus fosse para a cruz!
Que possamos retornar para o centro da vontade de Deus que é a cruz! Que a nossa vontade morra e que a vontade de Deus prevaleça em nós.

Pr. Pett no Culto Caixa d’ Água
Edição: Renata G. Santana

Leve a cruz de Cristo

 “E quando o iam levando, tomaram um certo Simão, cireneu, que vinha do campo, e puseram-lhe a cruz às costas, para que a levasse após Jesus.” Lucas 23.26



Simão Cirineu veio da cidade de Cirene, norte da África, podia se dizer a respeito dele: “Este é um bom judeu”. Em Cirene, havia uma grande comunidade judaica.


Simão foi há um templo em Jerusalém por ocasião da Páscoa oferecer sacrifícios a Deus, porém, o que ele não sabia, é que aquele que estava diante d’Ele era verdadeira ovelha, o verdadeiro cordeiro de Deus.


Ele não sabia que a antiga aliança estava desaparecendo e a nova acontecendo. Absolutamente nada precisa ser acrescentando ao sacrifício de Cristo Jesus, Ele é suficiente para salvar a nossa alma e nos levar para o céu.


“Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” 2 Coríntios 5.14-15


Nós é quem deveríamos sofrer pelo pecado de Adão e Eva, mas Deus na Sua infinita misericórdia e grandeza enviou Jesus para nos resgatar dos nossos pecados.


De repente estamos indo ao culto, vamos a igreja, mas estamos nos deixando levar pelo erro, pelo pecado.


Quando cremos no sacrifício de Jesus morremos para o mundo. Quando ouvimos a Palavra de Deus e cremos na cruz de Cristo, nesse sacrifício que é suficiente, morremos para o mundo, para o pecado... muito embora, o pecado nos assedie tenazmente, somos mais que vencedores por meio do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Cristo morreu por todos, nos substituindo na cruz do calvário.  Que cristianismo você tem praticado? O verdadeiro cristão não vive para si mesmo, mas para agradar a Deus!


Somos recriados por Deus em Cristo, nascidos de novo. Você tem vivido uma vida nova, ou apenas se ataviou de crente e tem vivido a mesma vida de antes?  Simão Cirineu levou a cruz de Cristo – você tem levado a cruz de Jesus? 

Quando você crê em Cristo, o Espírito Santo vem e te recria. A vida que Cristo nos ensinou é uma vida de renuncia, uma vida que renunciamos a nossa vontade própria, o nosso eu. Ou seja; precisamos deixar de ser egoístas narcisistas, etc...


A vontade de Deus tem que ser cumprida na nossa vida, e se a vontade de Deus não for cumprida na nossa vida, ela vira um caos.


“Porque, qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas qualquer que, por amor de mim, perder a sua vida, a salvará.” Lucas 9.24


Perca sua vida para Jesus, entregue-a no altar do Senhor.  Quando assim fazemos não somos mais nós, mas Cristo na nossa vida.


Satanás tem iludido muitas pessoas, que ao invés de buscarem conselho no Senhor, buscam conselho em pessoas. A Palavra de Deus tem que estar no nosso coração.

Qual a consequência do encontro de Simão Cirineu e Cristo? “Certo homem de Cirene, chamado Simão, pai de Alexandre e de Rufo, passava por ali, chegando do campo. Eles o forçaram a carregar a cruz.” Marcos 15.21.


O testemunho de Simão Cirineu impactou a vida de sua família que se converteu pelo exemplo de cristão do pai. Se não formos exemplos de cristãos para a nossa família, não teremos êxito em nossa oração. Se não dermos testemunhos para nossos filhos e para Cristo como eles poderão chegar aos pés do Salvador?


“Saúdem Rufo, eleito no Senhor, e sua mãe, que tem sido mãe também para mim.” Romanos 16.13
Com certeza os filhos de Simão Cirineu se espelharam nele e almejaram levar a cruz de Cristo. Qual referencial seu filho terá a seu respeito? Você tem sido referencial para sua família. A família de Simão Cirineu foi transformada pelo exemplo dele!


Seja um exemplo de cristão para a sua casa e certamente o Espírito do Senhor os alcançará!

Pr. Ricardo Chamabarelle 
Edição: Renata G. Santana

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Líderes constroem parcerias

A maioria dos líderes reconhece a importância de se construir parcerias para atingirem metas maiores.

O termo parceria vem se popularizando para descrever a relação contínua entre duas ou mais pessoas. A maioria delas não sabe o verdadeiro significado e por isso, atira a palavra em reuniões sem muito conhecimento do que ela realmente representa.

“Parceiro é algo que você é, não algo que você faz”.

Quando aplicamos, de forma saudável, aos nossos relacionamentos profissionais e pessoais, percebemos algumas características e também algumas recompensas próprias de uma parceria saudável, que são...

Características:

· Ser parceiro de alguém significa, inicialmente, que você sabe que não pode ou escolhe não fazer as coisas sozinho. Você entende que depende do outro para obter os resultados desejados. E este é o entendimento que as pessoas têm quando utilizam a palavra parceiro para definir seu relacionamento com o outro.

· Ser parceiro é estar comprometido com a satisfação das necessidades do outro. Em outras palavras você deve viver para um relacionamento a dois. A parceria evolui quando proporciona à outra pessoa satisfação em trabalhar junto e você consegue servi-lo da melhor forma possível.

·  A sua parceria tem futuro, porque vai além de uma negociação. Isso significa que existe uma constante comunicação e, por conseguinte a possibilidade de um crescimento e um desenvolvimento mútuo.


Recompensas:

-  Os parceiros conseguem realizar mais coisas

- Os parceiros se completam em seus talentos e habilidades,

- Os parceiros se apoiam, se entusiasmam mutuamente e se fortalecem mutuamente.

É por isso que a Bíblia nos ensina que é melhor serem dois do que um... (Eclesiastes 4.9-12)
Então, construa parcerias sólidas e verdadeiras.

Prof. Menegatti é palestrante nas áreas de Vendas, Motivação, Liderança e Inovação. Suas palestras têm como foco direcionar pessoas a despertar ao máximo seu potencial profissional e pessoal. É autor de vários livros e DVDs, entre eles estão o livro "Talento - É fazer coisas comuns de forma extraordinária" e o DVD "Campeão de Vendas".

Twitter: @profmenegatti
www.menegatti.srv.br

terça-feira, 16 de julho de 2013

Deus vai te honrar

“E semeou Isaque naquela mesma terra, e colheu naquele mesmo ano cem medidas, porque o SENHOR o abençoava. E engrandeceu-se o homem, e ia enriquecendo-se, até que se tornou mui poderoso. E tinha possessão de ovelhas, e possessão de vacas, e muita gente de serviço, de maneira que os filisteus o invejavam. E todos os poços, que os servos de seu pai tinham cavado nos dias de seu pai Abraão, os filisteus entulharam e encheram de terra. Disse também Abimeleque a Isaque: Aparta-te de nós; porque muito mais poderoso te tens feito do que nós. Então Isaque partiu dali e fez o seu acampamento no vale de Gerar, e habitou lá. E tornou Isaque e cavou os poços de água que cavaram nos dias de Abraão seu pai, e que os filisteus entulharam depois da morte de Abraão, e chamou-os pelos nomes que os chamara seu pai. Cavaram, pois, os servos de Isaque naquele vale, e acharam ali um poço de águas vivas.
E os pastores de Gerar porfiaram com os pastores de Isaque, dizendo: Esta água é nossa. Por isso chamou aquele poço Eseque, porque contenderam com ele. Então cavaram outro poço, e também porfiaram sobre ele; por isso chamou-o Sitna.
E partiu dali, e cavou outro poço, e não porfiaram sobre ele; por isso chamou-o Reobote, e disse: Porque agora nos alargou o SENHOR, e crescemos nesta terra.  Depois subiu dali a Berseba. E apareceu-lhe o SENHOR naquela mesma noite, e disse: Eu sou o Deus de Abraão teu pai; não temas, porque eu sou contigo, e abençoar-te-ei, e multiplicarei a tua descendência por amor de Abraão meu servo. Então edificou ali um altar, e invocou o nome do SENHOR, e armou ali a sua tenda; e os servos de Isaque cavaram ali um poço.”
 Gênesis 26.12-25

 
Às vezes a nossa ‘inteligência’ pode querer suplantar a nossa confiança em Deus. Precisamos confiar mais em Deus.

Isaque recolheu 100 vezes mais no mesmo ano porque a bênção do Senhor  estava sobre ele.
No versículo 14 vemos a demonstração de um homem abençoado por Deus, Isaque não era possuído pelas suas conquistas, ele possuía as coisas.
Há pessoas que não podem ser abençoadas por Deus, porque colocam o Senhor em segundo lugar. As pessoas estão sendo consumidas pelo consumismo. Gente que é possuída pelas coisas ao invés de serem possuidoras. Não levaremos nada dessa terra. Muito mais importante que encher o braço de ouro é sermos pessoas possuidoras e não possuídas, ou dominadas pelas coisas.
Isaque possuía as coisas, por isso causava inveja e os filisteus entulharam os seus poços. E o que é entulhar os poços? É sermos afrontados pelas pessoas, sermos ultrajados na nossa moral, prejudicados pelo próximo, odiados sem termos feito nada...
Chegou o dia em que Deus falou com Isaque: “À partir de hoje ninguém entulhará seus poços, até então estão prejudicando você, mas agora, mexeu comigo, acabou!”

Essa luta que você está passando irá cessar, porque Deus é quem está tomando a Tua causa. Que o ‘basta’ de Deus chegue na sua vida! Há pessoas fazendo fofoca com o seu nome, mentindo a seu respeito? Quem mexer com você, estará mexendo com Deus.
Não sei qual é a vergonha que você está passando, mas o Senhor é quem te justifica! Todas as situações de humilhação e vergonha serão transformadas em degraus na sua vida!
Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana

domingo, 14 de julho de 2013

Marque sua geração

“Jacó habitou na terra de Canaã, onde seu pai tinha vivido como estrangeiro. Esta é a história da família de Jacó: Quando José tinha dezessete anos, pastoreava os rebanhos com os seus irmãos. Ajudava os filhos de Bila e os filhos de Zilpa, mulheres de seu pai; e contava ao pai a má fama deles. Ora, Israel gostava mais de José do que de qualquer outro filho, porque lhe havia nascido em sua velhice; por isso mandou fazer para ele uma túnica longa. Quando os seus irmãos viram que o pai gostava mais dele do que de qualquer outro filho, odiaram-no e não conseguiam falar com ele amigavelmente. Certa vez, José teve um sonho e, quando o contou a seus irmãos, eles passaram a odiá-lo ainda mais. "Ouçam o sonho que tive", disse-lhes. "Estávamos amarrando os feixes de trigo no campo, quando o meu feixe se levantou e ficou em pé, e os seus feixes se ajuntaram ao redor do meu e se curvaram diante dele". Seus irmãos lhe disseram: "Então você vai reinar sobre nós? Quer dizer que você vai governar sobre nós? " E o odiaram ainda mais, por causa do sonho e do que tinha dito. Depois teve outro sonho e o contou aos seus irmãos: "Tive outro sonho, e desta vez o sol, a lua e onze estrelas se curvavam diante de mim". Quando o contou ao pai e aos irmãos, o pai o repreendeu e lhe disse: "Que sonho foi esse que você teve? Será que eu, sua mãe, e seus irmãos viremos a nos curvar até o chão diante de você? " Assim seus irmãos tiveram ciúmes dele; o pai, no entanto, refletia naquilo.” Gênesis 37.1-11.

Como igreja nos relacionamos o tempo todo e as pessoas são diferentes. Temos pessoas sanguíneas, coléricas e fleumáticas dentro da casa de Deus. Por isso temos que exercer a arte do relacionamento.
O texto vem dizendo:  “Esta é a história da família de Jacó....”  

Se queremos ser instrumento de Deus na sociedade onde vivemos não podemos ser  como o ‘Agostinho Carrara’ Quem é o Agostinho Carrara? Ele é onde um enganador, mentiroso, um falso moralista.

Se quisermos ser instrumentos nas mãos de Deus precisamos em primeiro lugar:

- Sermos alguém que trabalha

José começou trabalhar aos 17 anos. Quer ser instrumento de Deus nas mãos de Deus? Seja alguém trabalhador. Existem pessoas hoje aos 17 anos que nem pensam em trabalhar. 

Existem várias formas de trabalhar, até dentro de casa. Tem gente que tem tanta preguiça que dorme com fome porque tem preguiça de colocar a comida no micro-ondas para esquentar.


- Não compactuar com o erro

Muitos não podem ser instrumentos nas mãos de Deus porque se compactuam com o erro. Mesmo que você seja chamado de ‘dedo duro’ não concorde com o que está errado.


- Não ter medo de sonhar

José era um sonhador e Deus o honrava. Sonhe, não tenha medo de sonhar.

- Fugir do pecado


A Bíblia nos ensina a repreendermos satanás e fugir de toda a aparência do mal. Fuja do pecado!

- Ter temor a Deus

Temer a Deus é ter medo das consequências do pecado que cometemos.
 Você pode até semear escondido, mas a colheita será à vista de todos.  Oportunidade para pecar temos todos os dias e pecar é errar o alvo.


José era uma pessoa que tinha muitos dons e talentos.  O Senhor também nos dotou de talentos, deixe Deus te usar.  Não enterre os dons e talentos que o Senhor te deu e seja um instrumento nas mãos d’Ele.

- José foi um homem que teve um coração perdoador


Para viver na grande família precisamos exercitar o perdão e perdão não é um sentimento, é uma decisão.  José perdoou seus irmãos.


Existem pessoas que têm muita dificuldade para perdoar. José foi tão especial e ele teve dois filhos, um ele chamou de Manassés (Deus me fez esquecer) e Efraim (Duplamente frutífero).


O que José viveu não é para qualquer um. Daniel, José passaram por tantas situações, mas eles marcaram a geração em que viviam.

Marque a sua geração!

- Honre seus pais

Existem muitos filhos desprezando seus pais, mas a Bíblia nos ensina a honrá-los.  Não perca tempo, quem fica do nosso lado na hora da adversidade é a nossa família.


Pr. Ismael Luz
Edição: Renata G. Santana 

Lembrai-vos de Deus

“Então pus guardas nos lugares baixos por detrás do muro e nos altos; e pus ao povo pelas suas famílias com as suas espadas, com as suas lanças, e com os seus arcos. E olhei, e levantei-me, e disse aos nobres, aos magistrados, e ao restante do povo: Não os temais; lembrai-vos do grande e terrível Senhor, e pelejai pelos vossos irmãos, vossos filhos, vossas mulheres e vossas casas.” Ne  4.13-14

O muro significa proteção, limites. Nas nações antigas era comum a construção dos muros para proteção e quando o muro era transposto as cidades eram saqueadas.



Os inimigos de Israel derrubaram os muros e destruíram Israel e o Senhor levantou Neemias para reconstruir os muros e Neemias convocou o povo para a reconstrução e diz: “Não os temais; lembrai-vos do grande e terrível Senhor.”

O que Neemias falava com o povo: “Não comece uma construção sem Deus!” 

Israel vivia o caos exatamente porque esqueceu de Deus. O que acontecia era justamente o resultado da negligência com os  princípios sagrados.

A igreja sem Deus não é nada, nós sem Deus não passamos de pó. O que é o ser humano sem Deus? Nada.  

Deus não é acessório, Ele não depende de nós, nós é quem dependemos d’Ele. O Senhor prazer em nos ver bem e felizes.

LUTE POR SUA FAMÍLIA

 “e pelejai pelos vossos irmãos, vossos filhos, vossas mulheres e vossas casas.”

Não sei como você está com sua família, mas lute por eles, não permita que o distanciamento seja um abismo entre vocês. 


Diminua a influência externa na sua casa, não permita que qualquer um entre na sua casa e adentre os cômodos. Tem muitas pessoas dando palpites na família, causando grande desconforto!

Cresça e pare de andar segundo o que os outros falam. Não se deixe influenciar pelas opiniões externas.

O diálogo não pode se extinguir da família. Existem pais e filhos se matando dentro de casa pela ausência de diálogo, problemas que poderiam facilmente ser resolvidos, viram um inferno, porque as pessoas não dialogam dentro de casa. 

Seja liberal com sua família! Deus quer fazer um milagre na nossa vida, na nossa casa, mas temos que guerrear!

Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana

terça-feira, 9 de julho de 2013

Exponha suas feridas

 "E outra vez entrou na sinagoga, e estava ali um homem que tinha uma das mãos mirrada. E estavam observando-o se curaria no sábado, para o acusarem. E disse ao homem que tinha a mão mirrada: Levanta-te e vem para o meio. E perguntou-lhes: É lícito no sábado fazer bem, ou fazer mal? salvar a vida, ou matar? E eles calaram-se. E, olhando para eles em redor com indignação, condoendo-se da dureza do seu coração, disse ao homem: Estende a tua mão. E ele a estendeu, e foi-lhe restituída a sua mão, sã como a outra. E, tendo saído os fariseus, tomaram logo conselho com os herodianos contra ele, procurando ver como o matariam." Marcos 3.1-6

Muitas pessoas não gostam de expor suas feridas, seus defeitos. Gostamos de mostrar que temos virtudes. Imagine uma pessoa que tem a mão mirrada, que tem um defeito físico, como é difícil se expor.

A Bíblia diz que Jesus chamou esse sujeito para o meio e fez o sujeito mostrar o defeito dele, fez ele se expor.

Vemos na Bíblia que Jesus Cristo não prometeu a ele cura, mas Jesus o chamou e esse homem se expôs. Muitos não são curados porque não têm coragem de se expor.

Eu tinha umas feridas na perna e eu escondia essas feridas, coçava as feridinhas, ia coçando e virava um furúnculo. 

Quando jogava futebol sempre havia uma situação que havia um impacto no local e a ferida que quase estava secando feria novamente.

Essas feridas me constrangiam junto dos meus colegas e das moças também. Até que um dia eu estava numa cruzada em que ministrava o Morris Cerullo. E ele disse: “Você que tem uma ferida na perna e tem muita vergonha, venha até a frente...” Fui a frente, ele orou para que aquela ferida secasse.

Lembro que muitas vezes queria entrar na piscina e não podia porque tinha vergonha. Algumas vezes me distraia, estava de calça e a calça grudava na ferida e ela abria de novo.

Acabou que eu me adaptava as feridas. Muitas vezes nos adequamos às feridas e vamos vivendo desse jeito.

Talvez fosse o caso do homem do texto. Certamente algo que ele não queria era ir para o meio. Não gostamos de mostrar qualquer tipo de deficiência, lutamos para que as pessoas não vejam o que achamos que não está bom em nós. De repente uma marca, uma perna mais curta que a outra, uma mancha... , mas Jesus Cristo entrou na contra mão da vida daquele homem.

Muitas vezes para sararmos teremos que nos expor, confessar a nossa ferida, a nossa fraqueza.
Jesus o chamou para o meio e mandou-o estender a mão. 

A Bíblia é a narrativa de homens que não tiveram medo de se expor. Como a mulher do fluxo de sangue que não teve vergonha, tocou em Jesus e contou a Ele toda a sua história.

Há pessoas que preferem conviver com a ‘ferida’ do que se exporem, mas Jesus diz: ‘Vem para o meio’, não fique nas beiradas.

Quando o cego mendigo viu Jesus disse: “Jesus filho de Davi tem compaixão de mim” e cada vez ele gritava mais. Ele se expôs.

Queremos que os outros peçam perdão a nós, mas muitas vezes nós é quem temos que pegar o telefone e dizer: “Me perdoe, pequei contra você.”

Há coisas na nossa vida que nunca poderemos consertar. Pessoas que já prejudicamos já podem estar na eternidade.

Quantas vezes poderíamos ter dado uma carona e fingimos que não vimos? Quantas vezes poderíamos ter doado sangue, que é algo no nosso corpo que se multiplica como uma dádiva de Deus e não doamos?

A Bíblia diz que aquele homem estendeu a mão – correr o risco com Jesus é a certeza da vitória. Todas as pessoas que correram o risco com Jesus não se decepcionaram.

Observe que aquele homem não pediu a Jesus para ser curado, Jesus é quem viu a mão mirrada dele, Ele viu aquilo que era seu complexo, aquele homem se expôs e sarou.

Quanto as feridas que estavam em minha perna após a oração do pastor fui totalmente curado! Não tenha medo de expor suas ‘feridas’ a Jesus

Às vezes vem o período de humilhação para estarmos preparados para a exaltação.
Pr. Jorge Linhares
Edição: Renata G. Santana

domingo, 7 de julho de 2013

Jesus chama aquilo que está morto na sua vida pelo nome

“E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa; E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. 

Marta, porém andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude. E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.”  Lucas 10.38-42.

Vemos no texto que Marta estava preocupada  e Maria sua irmã assentada aos pés de Jesus o escutando. Muitas vezes tudo que Jesus espera de  nós é que nos acheguemos a Ele. 

Perdemos momentos preciosos porque queremos servir e isso não é ruim, mas melhor é está perto é receber d’Ele.

Pare tudo que você está fazendo e aquiete seu coração. Às vezes Deus está como uma brisa sussurrando aos seus ouvidos e você não percebe.

Esperamos Deus se manifestar num trovão, num toque de guitarra e o Senhor está aos nossos ouvidos sussurrando que está conosco. Marta estava servindo a Cristo, mas Maria escolheu a melhor parte.

Chegando, pois, Jesus, achou que já havia quatro dias que estava na sepultura. (Ora betânia distava de Jerusalém quase quinze estádios.) E muitos dos judeus tinham ido consolar a Marta e a Maria, acerca de seu irmão. Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa. Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá. Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia. Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto? Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo. E, dito isto, partiu, e chamou em segredo a Maria, sua irmã, dizendo: O Mestre está cá, e chama-te. Ela, ouvindo isto, levantou-se logo, e foi ter com ele. (Ainda Jesus não tinha chegado à aldeia, mas estava no lugar onde Marta o encontrara.) Vendo, pois, os judeus, que estavam com ela em casa e a consolavam, que Maria apressadamente se levantara e saíra, seguiram-na, dizendo: Vai ao sepulcro para chorar ali. Tendo, pois, Maria chegado aonde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés, dizendo-lhe: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido. Jesus pois, quando a viu chorar, e também chorando os judeus que com ela vinham, moveu-se muito em espírito, e perturbou-se. E disse: Onde o pusestes? Disseram-lhe: Senhor, vem, e vê. Jesus chorou. Disseram, pois, os judeus: Vede como o amava. E alguns deles disseram: Não podia ele, que abriu os olhos ao cego, fazer também com que este não morresse? Jesus, pois, movendo-se outra vez muito em si mesmo, veio ao sepulcro; e era uma caverna, e tinha uma pedra posta sobre ela. Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias. Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus? Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido. Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste. E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir. Muitos, pois, dentre os judeus que tinham vindo a Maria, e que tinham visto o que Jesus fizera, creram nele.” 
João 11.17-45.

Qual a diferença entre Marta e Maria? Elas disseram a mesma frase: “Onde o Senhor estava, seu amigo morreu, se o senhor estivesse aqui meu irmão não teria morrer.”

Por que Jesus chorou quando ouviu de Maria esta frase? Cheguei a uma conclusão: Aqueles que têm intimidade com Deus conseguirão tocar o mais profundo do Seu coração.

Quem murmura tem pacto com a derrota, enquanto a aquele que clama a Deus alcançará vitória.

Qual o clamor do seu coração?  Deus não trabalha com o coração endurecido, clame! 

Depois de Maria ter dito isso Jesus disse: “Leva-me ao lugar onde está Lázaro!” ou seja; “Leva-me onde está o morto! Leva-me quando foi levada a sua inocência, leva-me onde foi deixada a sua esperança, leva-me onde foi deixada suas expectativas, seus sonhos, leva-me onde já cheira mal.”

Jesus que ir de encontro ao seu problema e fazer aquilo que morreu na sua vida reviver novamente. Conheça o coração de Deus e Ele se revelará a você!

Samuel Mizrahy no Culto Caixa d’ Água
Edição: Renata G. Santana